Problemas com tráfego derrubam Bruno Senna ainda no Q1

Brasileiro rodou no fim de sua última volta rápida e irá largar de 17º. Maldonado, seu companheiro de Williams, é pole

Senna largará na nona fila ao lado de Massa

O fim de semana não começou dos melhores para Bruno Senna. O brasileiro da Williams terá uma corrida complicada amanhã tendo que partir de 17º para o GP da Espanha. Em palavras ao TotalRace, o brasileiro culpou o frequente tráfego como responsável pela má atuação.

“Tive uma falta de sorte com o tráfego. Peguei tráfego quando estava fazendo minhas voltas, peguei hoje de manhã, ontem... é um problema. Acho que faltou um pouco de previsão neste sentido, mas, enfim, nem sempre as coisas dão certo”, comentou o brasileiro.

Senna comentou que em sua última saída dos boxes no Q1, ficou encaixotado atrás de Felipe Massa, que não era rápido o suficiente para abrir uma diferença confortável. Com isso, desgastou seus pneus e não conseguiu “virar”. “Não teve jeito ali, estava atrás do Massa e do Kimi. Comecei a minha volta muito perto do Felipe e fui perdendo tempo, ele não estava abrindo, e a volta já não era boa por causa disso. Mas no final da pista fiquei muito perto, tive que dar mais uma volta, e não consegui. Paguei o preço e hoje não deu certo”, disse.

Para a corrida de amanhã, Senna espera que estratégia consiga salvar sua corrida. “Hoje o carro estava protegendo razoavelmente o pneu de trás. Não vejo por que a gente não possa ter uma corrida razoável amanhã. Vai ser muito difícil aqui, por ser muito complicado de ultrapassar. Vamos ter que esticar a estratégia e fazer funcionar. É o único jeito de termos uma corrida decente amanhã. Vai ser uma batalha dura”, finalizou.

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP da Espanha
Pilotos Bruno Senna
Tipo de artigo Últimas notícias