Problemas no Bahrein não afetaram clima da Ferrari, garante Gene

Pilotos de testes disse que equipe lutará pelo título até o fim do ano, tanto nos construtores, quanto no de pilotos

Marc Gene no simulador

O problema na asa móvel que prejudicou o desempenho de Fernando Alonso no GP do Bahrein somado à vitória de Sebastian Vettel, teoricamente o grande adversário da Ferrari no campeonato, não afetaram o clima na equipe italiana, garantiu o piloto de testes do time Marc Gené.

“Apesar do que houve no último GP, a atmosfera em Maranello está tranquila. Acredito que este ano lutaremos até o fim em ambos os campeonatos”, comentou o espanhol à agência de notícias EFE. “O problema que houve no Bahrein nunca havia acontecido e não acontecerá novamente”. Além de Alonso, o brasileiro Felipe Massa também sofreu no Bahrein, com dois pneus furados.

Após o GP do último domingo, a Red Bull abriu uma vantagem de 32 pontos para a Ferrari, mas Gene não acredita que isto seja um indício de que o domínio visto nas últimas três temporadas se repetirá. “O agradável este ano que existem várias equipes lutando pelas primeiras posições. A Red Bull é referência, mas a Lotus também está muito forte e não podemos esquecer da Mercedes”, analisou o ferrarista, que não levou a sério a recente declaração de Helmut Marko, consultor da Red Bull, que afirmou que o time temia mais a Lotus do que a Ferrari. “Isto me parece apenas guerra psicológica. Certamente eles devem ter medo da Ferrari”, concluiu.  

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias