Promotor confirma que não há contrato e GP de Austin pode estrear em 2013

compartilhar
comentários
Promotor confirma que não há contrato e GP de Austin pode estrear em 2013
Por: Julianne Cerasoli
18 de nov de 2011 08:57

Tavo Hellmund reconhece que houve quebra de acordo com Ecclestone e futuro da corrida de Austin está nas mãos de donos do circuito

Tavo Hellmund e Bernie Ecclestone

O promotor do GP dos Estados Unidos, Tavo Hellmund, veio a público hoje para esclarecer a situação do evento, seriamente ameaçado de acordo com o presidente da FOM, empresa que rege os direitos comerciais da F-1, Bernie Ecclestone.

Ecclestone afirmou ontem que cancelou o acordo que mantinha com Hellmund por quebra de contrato relacionada com a falta de adiantamento no pagamento e descumprimento de datas. Agora, o dirigente tenta um acordo direto com os responsáveis pela construção do circuito, a COTA, para salvar o GP, cuja estréia está marcada para o final do ano que vem.

“O motivo pelo qual não temos um contrato com a F-1 é porque, enquanto projeto, falhamos várias vezes em cumprir nossas obrigações financeiras com a F-1. É literalmente simples assim.”

De acordo com Hellmund, o problema foi causado por uma “diferença de filosofia” entre sua empresa, a Full Throttle Productions, e a COTA.

“Fiquei animado recentemente ao ver que aparentemente há dinheiro. Dito isso, estou muito otimista de que cumpriremos isso e teremos um GP ano que vem.”

Mas o otimismo não é o mesmo do outro lado. O presidente da COTA, Steve Sexton, afirmou que o mais provável é que o GP estreie apenas em 2013.

“Estávamos animados e trabalhando para a corrida em 2012 nos Estados Unidos, mas assumimos que Ecclestone está interessado em adiar a corrida em Austin para 2013. Sabemos que o mercado norte-americano é importante para as equipes e seus patrocinadores e [o adiamento para] 2013 certamente dá tempo para que o circuito esteja pronto.”

Caso isso ocorra, o GP no Texas terá sua primeira prova no mesmo ano de outro evento confirmado para os Estados Unidos, em Nova Jersey, que deve estrear em junho de 2013.

Próxima Fórmula 1 matéria
Newey afirma que nunca foi para a Ferrari por causa da família

Previous article

Newey afirma que nunca foi para a Ferrari por causa da família

Next article

Dupla da Mercedes quer entrar definitivamente no top 6

Dupla da Mercedes quer entrar definitivamente no top 6
Load comments

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Autor Julianne Cerasoli
Tipo de matéria Últimas notícias