Pronta para voltar, França aguarda posição dos belgas

De acordo com ministro dos esportes do país, parte financeira para retorno de Paul Ricard já está definida

O GP da França não é realizado desde 2008

A França já está preparada para voltar ao calendário da F-1 e agora apenas espera o governo belga confirmar a alternância de seu GP com a prova do vizinho para voltar definitivamente ao campeonato.

É o que garante o ministro dos esportes francês, David Douillet, em entrevista ao RMC Sport.

“Já falei para Bernie Ecclestone que estávamos prontos. Completamos toda a parte financeira, na qual fizemos um acordo. Agora esperamos a posição dos nossos amigos belgas, uma vez que o projeto é alternar entre Castellet (Paul Ricard) e Spa.”

A França está fora do campeonato deste 2008, quando perdeu a prova de Magny-Cours. Depois de amargar dois anos sem nenhum piloto da casa no grid, em 2012 o país contará com três representantes: o franco-suíço Romain Grosjean, Charles Pic e Jean-Eric Vergne.

“Eles [belgas] têm limitações no que diz respeito a um contrato que ainda os liga a Bernie Ecclestone para a utilização do circuito. É algo que têm de resolver entre eles. Mas estamos prontos e precisamos disso. Devo lembrar que temos uma grande indústria automobilística.”

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias