Prost diz que Sainz preenche "um grande vazio" na Renault

Francês diz que chegada de espanhol no time preenche "um grande vazio" nos planos de subir no grid

Carlos Sainz Jr. foi emprestado à Renault para o final desta temporada e em 2018, substituindo Jolyon Palmer. Ele permanece sob contrato com a Red Bull até o final de 2020.

Alain Prost disse que a estreia de Sainz pela Renault no GP dos EUA no final de semana, quando terminou em sétimo, enquanto que o companheiro de equipe, Nico Hulkenberg, abandonou, foi um exemplo perfeito de como o time tinha que fazer uma mudança de piloto no meio da temporada para melhorar a posição no campeonato de construtores.

"Há sempre um pequeno risco quando você muda um piloto no meio da temporada, mas na verdade era exatamente o que queríamos ter", disse Prost ao Motorsport.com, acrescentando que ele sente que o time seria o quinto a classificação se tivesse tido dois carros regularmente marcando pontos durante toda a temporada.

"Desafortunadamente, tivemos um problema com Nico, e tínhamos Carlos para conseguir os pontos. Se você quer construir algo, não pode ter um grande buraco em algum lugar."

"Não é ser rude com Jolyon [Palmer], mas somos construtores e precisamos ter tudo não perfeito, mas melhor do que isso, e sabemos que ainda temos muito a fazer."

"Espero que não possamos ter problemas de confiabilidade, e consiga os pontos nas últimas três corridas, se possível."

A Renault se esforçou para conseguir Sainz como parte do acordo para que a Toro Rosso encerrasse seu contrato com o fabricante francês para que pudesse mudar para a Honda, mas Prost aceita que no futuro do longo prazo o espanhol permaneça nas mãos da Red Bull.

"Nessa situação, não temos todas as chaves, mas o mercado estará muito aberto para o próximo ano", afirmou. "Não há nenhuma razão que devemos mudar, mas porque não temos tudo em nossas mãos, temos que aguardar um pouco."

"Somos afortunados em conseguir Carlos, porque nós o queremos, mas não o teremos por muito tempo, então precisamos ter cuidado. Para nós, isso não é um problema. Estamos em um período em que estamos construindo, então o tempo está correto."

"Queremos estabelecer um relacionamento forte com ele."

Prost deu conselhos a Sainz durante seu primeiro fim de semana com a equipe, e acredita que o espanhol está pronto para lidar com a pressão de estar em uma equipe fabricante.

"Obviamente, ele é jovem e cometeu alguns erros, mas isso não é importante", acrescentou. "O que é importante quando você está em uma equipe de trabalho como essa, é um pouco diferente. Essa é a única mensagem que posso dar."

"Ele tem que agir um pouco diferente, porque você tem mais pressão, e tenho certeza de que ele está pronto para isso."

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Pilotos Carlos Sainz Jr.
Equipes Renault F1 Team
Tipo de artigo Últimas notícias