“Próximo passo é trabalhar com uma montadora”, diz chefe da Toro Rosso

Comandante do time com base em Faenza, na Itália, alimenta rumores de que estrutura pode ser adquirida pela Renault

Alvo de muitos boatos no início desde ano envolvendo uma possível fusão com a Renault, a Toro Rosso continua surpreendendo em classificações neste ano. Na última corrida, o time colocou seus dois carros à frente da Red Bull. Com esse potencial, o chefe da escuderia, Franz Tost, vê com bons olhos a união com uma montadora no futuro.

“A Toro Rosso tem muito a oferecer a um fabricante”, cravou Tost.

“Temos uma infraestrutura adequada, temos uma boa equipe técnica e temos uma estrutura enxuta. Queremos terminar em quinto [o campeonato], e o próximo passo é trabalhar em conjunto com um fabricante ou nos tornarmos uma equipe de montadora. Assim nos tornaremos um dos favoritos de verdade.”

O chefe da equipe ainda aproveitou para elogiar sua dupla jovem de pilotos, formada por Carlos Sainz e Max Verstappen.

“Eu espero muito deles, porque, caso contrário, eles não estariam conosco”, explicou Tost.

“Ambos têm demonstrado que são capazes de ser pilotos da Red Bull um dia. Tivemos um inverno duro para prepará-los, mas nós conseguimos com sucesso, como as primeiras corridas têm mostrado. Eu sempre disse que se nós lhes dermos um carro rápido e confiável eles vão sempre terminar entre os dez melhores.”

“Sim, vamos ter acidentes, já que você não pode esperar de jovens assim ter uma temporada impecável. Mas estamos preparados para isso.”

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Pilotos Carlos Sainz Jr. , Max Verstappen
Equipes Toro Rosso
Tipo de artigo Últimas notícias