Punição a Verstappen foi a pior que já vi, diz Lauda

compartilhar
comentários
Punição a Verstappen foi a pior que já vi, diz Lauda
Adam Cooper
Por: Adam Cooper
23 de out de 2017 08:58

Tricampeão da F1 não poupou comissários da prova que tirou pódio de piloto da Red Bull

Niki Lauda, Mercedes AMG F1 Non-Executive Chairman and Christian Horner, Red Bull Racing Team Principal
Max Verstappen, Red Bull Racing RB13
Max Verstappen, Red Bull Racing RB13, celebrates as he crosses the line ahead of Kimi Raikkonen, Ferrari SF70H
Max Verstappen, Red Bull
Sebastian Vettel, Ferrari SF70H, crosses the line ahead of Max Verstappen, Red Bull Racing RB13, Kimi Raikkonen, Ferrari SF70H

Max Verstappen recebeu uma punição de cinco segundos depois de ultrapassar a Ferrari de Kimi Raikkonen por dentro da curva 17 do Circuito das Américas na última volta do GP dos Estados Unidos, neste domingo.

Isso o fez cair de terceiro para o quarto lugar, já que foi considerado que ele ganhou vantagem, colocando as quatro rodas fora de pista.

Niki Lauda, da Mercedes, não gostou nada do que viu e disparou: "Esta foi a pior decisão que já vi. Ele [Verstappen] não fez nada de errado. Somos pilotos de corrida, não estamos em uma estrada normal."

"É ridículo destruir o esporte com esse tipo de decisão."

Lauda lembrou que todas as partes concordaram em uma reunião no ano passado de permitir que os pilotos corram sem interferências desnecessárias.

"Os comissários nos questionaram quão rápido eles poderiam ser em uma situação estava 'sob investigação', então nos queixamos sobre isso."

"Os comissários estavam lá, [Jean] Todt perguntou a todos, Charlie [Whiting] estava lá, estávamos lá, e concordamos todos juntos que, a menos que seja perigoso, os comissários não interfeririam. Foi no início do ano passado."

Lauda acrescentou que a pena de Verstappen significava que o assunto teria que ser discutido novamente.

"Na próxima reunião do Grupo de Estratégia, precisamos trazer o assunto de volta para a agenda e começar tudo de novo. Porque não podemos fazer isso, está indo longe demais."

"Não havia nada para interferir, foi uma ultrapassagem normal."

O tricampeão mundial insistiu que os pilotos da F1 deveriam ter permissão para usar toda a superfície da pista disponível.

"Charlie argumenta que há linhas brancas e que você não pode passar por elas. Por que você não pode passar nas linhas brancas se for possível? Construa um muro lá então."

"Enquanto houver um circuito normal, você pode usá-la. Uma linha branca não é um limite. Concordamos com isso tudo no ano passado, tudo estava de acordo. E agora tomamos essa decisão. Acho que é completamente errado."

Próxima Fórmula 1 matéria
Horner: F1 precisa de nova abordagem sobre limites de pista

Previous article

Horner: F1 precisa de nova abordagem sobre limites de pista

Next article

Massa comemora 9º lugar: “Definitivamente um bom resultado”

Massa comemora 9º lugar: “Definitivamente um bom resultado”

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Evento GP dos Estados Unidos
Localização Circuit of the Americas
Pilotos Niki Lauda , Max Verstappen
Equipes Red Bull Racing
Autor Adam Cooper
Tipo de matéria Últimas notícias