Punições melhoram a posição de Nasr, após mais um dia difícil em Mônaco

Classificando em 16º, o brasileiro subiu duas posições devido as punições dadas a Sainz e Grosjean.

A Sauber está tendo um final de semana muito complicado em Mônaco. Depois de sofrer com os pneus nos treinos livres, o mesmo problema limitou o desempenho da equipe durante a classificação. Nasr foi apenas o 16º, mas subiu duas posições por conta das punições a Sainz e Grosjean. Já Ericsson larga em 17º.

Felipe Nasr diz que o dia não foi fácil, mas que a equipe não estava esperando algo melhor, segundo ele, foi o máximo que o carro conseguiu fazer. Eliminado no Q1, o brasileiro teve a sorte de subir duas posições no grid, devido as punições de Grosjean, que trocou o câmbio e Sainz, que desobedeceu a ordem da pesagem, no Q1.

“Estamos obviamente desapontados por estar perto da parte de trás do grid de largada. Olhando para as sessões de treinos livres, todos nós sabíamos que seria difícil pra gente. Amanhã precisamos de alguma sorte, mas estamos em Monte Carlo e sabemos que aqui tudo pode acontecer”, espera.
Classificado em 18º, Ericsson também foi beneficiado e sobe uma posição no grid. O sueco também afirma que o dia foi difícil, mas espera que na corrida seja muito melhor.

“Foi uma classificação difícil para nós. Desde a primeira sessão de treinos livres, a gente vem brigando com a temperatura dos pneus. Eu tive azar com tráfego, então eu perdi um pouco de tempo no último setor. Mas isso pode acontecer nas ruas estreitas em Mônaco. Faremos o nosso melhor na corrida de amanhã", confia.

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP de Monaco
Pista Monte Carlo circuito de rua
Pilotos Marcus Ericsson , Felipe Nasr
Equipes Sauber
Tipo de artigo Últimas notícias