'Qatar está pronto para receber a F1', garante Ecclestone

Chefão da Fórmula 1 afirma que o país do Oriente Médio pode sediar uma etapa da categoria em um futuro próximo

Ecclestone tem um novo alvo no Oriente Médio: Qatar
A expansão da Fórmula 1 pode atingir um novo alvo em um futuro próximo. Nesta quarta-feira, Bernie Ecclestone confirmou um novo país do Oriente Médio como forte candidato a receber a categoria máxima do automobilismo nos próximos anos.
 
[publicidade]O país em questão é o Qatar, já acostumado a receber eventos deste calibre – o circuito de Losail recebe a Moto GP desde 2004. Entretanto, não está descartada até uma prova de rua no local.
 
“Estamos olhando todas as possibilidades. Ainda não tem nada assinado com o Qatar, mas o país está pronto para receber a F1”, sentenciou o chefão da F1, em entrevista ao ‘The Independent’.
 
A expectativa é que o Qatar faça parte do calendário da Fórmula 1 a partir de 2017. No ano que vem, o México será a novidade do campeonato, enquanto, em 2016, pela primeira vez ocorrerá uma corrida no Azerbaijão.
 
Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias