"Quando Ayrton se foi, parte do Sid se foi também", diz Barrichello

compartilhar
comentários
Por: Felipe Motta
13 de set de 2012 13:10

Em entrevista ao TotalRace, piloto recorda atendimento de seu acidente de Imola: "Sid conta que morri por seis minutos"

Não faltam histórias de pilotos sobre Sid Watkins, ex-médico da F-1, que faleceu ontem aos 84 anos, tanto ao que diz respeito ao lado profissional, como também o lado humano do inglês, considerado uma pessoa amável e sempre sorridente.

Rubens Barrichello, ao tomar conhecimento da morte de Sid Watkins, imediatamente expressou por meio do twitter seu respeito pelo médico, que o atendeu em Imola, no trágico fim de semana do GP de San Marino em 1994. Rubinho sofreu grave acidente na sexta-feira, e Roland Ratzenberger e Ayrton Senna morreram, respectivamente, no sábado e no domingo.

Em entrevista exclusiva ao TotalRace, Rubinho falou sobre a importância de Watkins em seu atendimento em Imola – “Ele me contou que morri por seis minutos, porque eu havia engolido minha língua com a pancada.”

Para o piloto, que hoje está na F-Indy, Watkins sofreu demais com a morte de Senna, de quem era grande amigo. “Quando Senna se foi, parte do Sid também se foi.”

TOTALRACE: O doutor Sid Watkins lhe atendeu em Imola. Você lembra de algo do atendimento, do contato com ele?
RUBENS BARRICHELLO:
Não. Lembro-me dele me contando depois que eu morri por seis minutos, que eu havia engolido minha língua com a pancada. Isso ficou marcado em mim. Mas não lembro do atendimento porque apaguei.

TOTALRACE: Antes do acidente vocês tinham alguma intimidade? Um acidente como aquele cria um “elo eterno”?
RUBENS BARRICHELLO:
Ele sempre foi muito aberto, um cara legal, sorridente e que dava abertura para conversas. Ele adorava o Ayrton e, por ser um brasileiro e amigo do Ayrton, era como se ele fosse o irmãozinho do chefe.

TOTALRACE: Alguma história curiosa com ele?
RUBENS BARRICHELLO:
Sid era um cara do bem que trabalhava por amor e era o Anjo da Guarda da turma. Ele adorava o Brasil, adorava também um copinho de vinho e tinha uma ótima conversa. Vai deixar saudade. Mas, se tem algo que tenho certeza, é que neste momento ele está junto do Ayrton. Eles eram bons amigos e quando o Ayrton se foi, parte do Sid também se foi.

Próxima Fórmula 1 matéria
"Razia merece uma chance na F-1", diz Horner ao TotalRace

Previous article

"Razia merece uma chance na F-1", diz Horner ao TotalRace

Next article

Ex-companheiro de Sid Watkins, Alex Ribeiro revela momentos nas pistas

Ex-companheiro de Sid Watkins, Alex Ribeiro revela momentos nas pistas
Load comments

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Pilotos Rubens Barrichello
Autor Felipe Motta
Tipo de matéria Últimas notícias