Quarto no grid, Vettel lamenta erros em sua última tentativa no Q3

Para alemão, era possível ter ido melhor neste sábado em Cingapura: "Errei, tentando forçar ao máximo"

Menos de três décimos atrás do pole, Lewis Hamilton e a 50 milésimos de seu companheiro, Daniel Ricciardo, Sebastian Vettel não saiu muito satisfeito do treino classificatório em Cingapura. Para o atual tetracampeão, dava para ter ido além do quarto lugar no grid.

“Na última volta não consegui dar o meu melhor, cometi alguns erros tentando forçar ao máximo. Dava para ter ido melhor. Mas não conquistei a pole, portanto não adianta pensar no que poderia ter sido feito”, analisou o alemão, que, pelo menos, exaltou o equilíbrio na pista asiática.

[publicidade] “É uma volta muito longa e todos tem a sensação de que podem ganhar tempo em vários pontos. É bom saber que estamos perto dos primeiros, principalmente pensando na corrida”, continuou.

Questionado se torce pela presença de um Safety Car na corrida de domingo, para equilibrar ainda mais as coisas com a Mercedes, Vettel se mostrou indiferente. “Não acho que isso faria grande diferença. Espero apenas que, se acontecer, que ele entre na pista em um bom momento para nós”, respondeu sem grande entusiasmo.
Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias