Quatro coisas que estarão em jogo no GP de Abu Dhabi de F1

compartilhar
comentários
Quatro coisas que estarão em jogo no GP de Abu Dhabi de F1
22 de nov de 2018 11:59

Indefinições na tabela do campeonato, corrida de despedidas e início dos trabalhos de 2019 marcam atividades da F1 em Yas Marina

A maratona da F1 em 2018 chega ao fim neste fim de semana. O GP de Abu Dhabi marca a última prova da temporada, e, com os títulos de pilotos e construtores já definidos, há poucas coisas de real destaque que ainda estão em jogo.

Contudo, há alguns pontos interessantes pelos quais o fã da F1 deve ficar atento nesta semana. A corrida em Yas Marina terá algumas histórias interessantes, sendo que a temporada de 2019 começará já nos próximos dias.

Confira, então, quatro pontos que estarão em jogo nas atividades da F1 em Abu Dhabi.

Quem fica com o terceiro lugar?

 

Photo by: Glenn Dunbar / LAT Images

Matematicamente já está definido: Lewis Hamilton é o campeão da temporada de 2018, com Sebastian Vettel com o vice. Porém, dali para baixo, a situação ainda está indefinida.

Kimi Raikkonen atualmente ocupa o terceiro lugar e tem uma vantagem de 14 pontos para Valtteri Bottas. O finlandês da Mercedes está de olho em sua primeira vitória do ano, o que, se acontecer, pode provocar mudanças nesta parte da tabela.

Mas Bottas também precisa ficar de olho atrás. Max Verstappen está com apenas três pontos a menos, o que poderá jogá-lo para o quinto lugar no campeonato caso o holandês consiga descontar a diferença. Assim, Bottas tem uma missão especial em Abu Dhabi: evitar terminar a temporada zerado em vitórias e, quem sabe, tomar o terceiro lugar de Raikkonen no campeonato.

Situação aberta nos construtores

 

Photo by: Mark Sutton / Sutton Images

O Mundial de Construtores nem sempre recebe atenção do público, mas é levado muito a sério pelas próprias equipes – já que parte da premiação financeira recebida vem da classificação final da temporada.

O quarto lugar está praticamente garantido com a Renault, que sustenta vantagem de 24 pontos para a Haas. O time americano, por sua vez, também está confortavelmente à frente da McLaren, que vem 28 pontos atrás.

Mas, do sexto lugar para frente, a situação ainda é mais bagunçada. McLaren (62), Force India (48) e Sauber (42) podem mudar de posição entre si, sendo que o time suíço também precisa ficar bastante esperto com a Toro Rosso (33).

Corrida de despedidas

McLaren MCL33, Fernando Alonso

McLaren MCL33, Fernando Alonso

Photo by: McLaren

O desfecho da temporada também marca diversas despedidas pelo grid. Para começar, Kimi Raikkonen fará sua última prova pela Ferrari, já que, em 2019, ele trocará de lugar com Charles Leclerc na Sauber.

Outro que também deixa seu time depois de longa passagem é Daniel Ricciardo, que sairá da Red Bull para se juntar a Renault. Além disso, Fernando Alonso se afasta da F1 e realiza sua última corrida pela categoria com a McLaren. Nestes três casos, podemos esperar homenagens e eventos especiais por Yas Marina.

Mas as despedidas vão além. Nomes como Esteban Ocon, Stoffel Vandoorne, Marcus Ericsson e Sergey Sirotkin não conseguiram vagas para estar no grid em 2019, então todos eles certamente desejam deixar uma boa última impressão.

2019 já começa em Abu Dhabi

 

Photo by: Jerry Andre / Sutton Images

A próxima temporada da F1 dará seus primeiros passos na semana seguinte ao GP de Abu Dhabi. Dois dias de testes serão realizados, na terça e quarta-feira, onde pontos importantes serão definidos para a campanha de 2019.

Trata-se de uma atividade voltada aos pneus da Pirelli. Todas as equipes terão oportunidades de experimentar os compostos sugeridos pela fabricante, de modo que haverá uma definição final do tipo de borracha que irá às corridas no ano que vem. É uma decisão de grande importância, uma vez que isso afetará diretamente a dinâmica das corridas.

Por se tratar de uma atividade exclusiva para os pneus, as equipes não poderão trazer novidades em seus carros. Contudo, os times têm liberdade para experimentar mudanças dentro do cockpit, e já teremos ali algumas prévias do que 2019 aguarda.

Por exemplo, Carlos Sainz guiará nas atividades pela McLaren ao lado de Lando Norris, enquanto que George Russell e Robert Kubica assumirão as atividades da Williams. Pierre Gasly também fará sua estreia oficial pela Red Bull, sendo que Lance Stroll, ainda não confirmado oficialmente na Force India em 2019, experimentará o carro da equipe que tem seu pai como um dos donos.

Para o Brasil, o teste também terá um significado especial. Em uma temporada sem a participação de pilotos do país, Pietro Fittipaldi guiará pela Haas nas atividades do dia 27. Será a primeira experiência do neto de Emerson Fittipaldi em um carro de F1 pelo time em que será piloto de testes em 2019.

Next article
Sainz faz estreia pela McLaren nos testes da semana que vem

Previous article

Sainz faz estreia pela McLaren nos testes da semana que vem

Next article

Kubica inicia trabalho na Williams para 2019 em treino de Abu Dhabi

Kubica inicia trabalho na Williams para 2019 em treino de Abu Dhabi
Load comments

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Evento GP de Abu Dhabi