Quatro dias depois da Austrália, estreantes falam do que aprenderam

Depois de reflexão, Bottas, Gutiérrez, Chilton, Bianchi e Van der Garde falam das lições de Melbourne

Os estreantes não tiveram corrida fácil em Melbourne. Todos eles terminaram uma volta atrás do líder, mas, se tratando de uma primeira experiência na principal categoria do esporte a motor, completar uma corrida mais longa do que o habitual, tem seu lado positivo.

“Não dá para dizer só uma coisa que aprendi. Aprendi muito. Uma dessas coisas é administrar os pneus em 'long runs'”, reconheceu Bottas ao TotalRace na Malásia hoje.

“A corrida na F-1 também é bem diferente de qualquer outra categoria, tudo acontece mais rápido. Você precisa encontrar o seu lugar na primeira curva muito mais rápido do que em qualquer outra categoria.”

Já Gutiérrez espera ter um treino sem problemas e referência de Hülkenberg para melhorar. “A única coisa foi o erro da classificação que nos atrapalhou bastante, porque é parte do fim de semana.”

“Mas a experiência da corrida para mim foi o mais importante. Ter terminado era um dos meus objetivos, e cumpri. Mas tenho objetivos mais altos do que apenas terminas corridas”, completou ao TotalRace.

Chilton, com problemas após toques com Van der Garde não escondeu decepção, mas reconhece que foi apenas a primeira oportunidade. “Aprendi bastante. Não foi a corrida perfeita, mas você aprende mais em corridas assim. Tivemos algumas coisas que não deram certo, e alguns danos no carro que tivemos de trocar na parada nos boxes.”

“Saímos atrás de tráfego e tive que trabalhar duro durante toda a corrida por causa das bandeiras azuis. Mas quando me livrei tinha o mesmo ritmo dos outros. Estou focado para a Malásia”, afirmou ao TotalRace.

Com a 11ª volta mais rápida, Bianchi foi um dos mais otimistas. “Honestamente, foi um belo fim de semana para mim na Austrália, mesmo não tendo muito tempo pra treinar durante a pré-temporada.”

“Mesmo assim, fui muito feliz. Tentei apenas aproveitar e ver o que poderíamos fazer durante a corrida. Tivemos um bom começo, tudo foi bom e tivemos um bom resultado”, falou na coletiva oficial da F-1.

O holandês Giedo van der Garde chegou em último, mas destacou o aprendizado. “Aprendi bastante com os pneus. Conseguimos terminar a corrida e foi uma boa experiência para mim. Agora é o próximo passo e vamos ver o que podemos fazer aqui.”

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP da Malásia
Pilotos Giedo van der Garde , Max Chilton , Esteban Gutierrez , Jules Bianchi , Valtteri Bottas
Tipo de artigo Últimas notícias