Quem larga na frente se pilotos tiverem punições iguais?

Se dois pilotos tiverem as mesmas posições para o grid de largada, existe um critério que estabelece quem sai na frente

Já é um clássico da era turbo híbrida. Os poucos motores que possuem o equipamento para uma temporada, a complexidade e a falta de confiabilidade (especialmente no caso da Honda e Renault) muitas vezes fazem, à medida que a temporada avança, com que os pilotos tenham que cumprir penalidades no gid de largada das corridas, por causa de trocas de motor ou parte dele.

O caso de Alonso

O piloto da McLaren foi punido em 35 posições para o grid do GP da Itália. Mas ele não está sozinho. Por ter trocado o MGU-H do motor Renault da Toro Rosso, Carlos Sainz perdeu dez postos; Max Verstappen 15 e Ricciardo, que inicialmente tinha 20, teve a caixa de câmbio de seu carro trocada e a penalidade subiu para 25 posições.

Mas e se Ricciardo classificar primeiro (com 25 posições de penalidade) e seu companheiro de equipe Verstappen for o 10º (com 15 posições), quem estaria na frente do outro? Ou se fossem 2º e 11º respectivamente ou 3º e 12º.

A FIA explicou rapidamente em uma declaração:

"Os comissários querem esclarecer que a ordem em que serão aplicadas as penalidades para o grid inicial será a ordem pela qual os carros deixam o pitlane pela primeira vez no TL1".

No momento em que o carro sai do pitlane no primeiro treino livre de um GP, considera-se que já começou a disputar o evento e que, portanto, as penalidades devem ser aplicadas. Não é o momento em que a FIA notifica as mudanças que decidem a ordem das penalidades.

Durante a primeira sessão livre de sexta-feira em Monza, Daniel Ricciardo foi visto na primeira posição à espera, com a luz ainda vermelha, para iniciar a sessão. "Eu acordei às cinco da manhã, estava ansioso para colocar o carro na pista e, basicamente, eu esperei no final da fila até o semáforo ficar verde".

"Não, sério, queria ser o primeiro por outros motivos, acho que são razões bem conhecidas de todos, sim, é devido à aplicação de sanções". Então, se alguém tivesse a mesma pena que eu, ele viria atrás de mim. Vou na frente".

Assim, no caso de um "empate" para o GP da Itália a ordem seria a seguinte:

1º Daniel Ricciardo
2º Carlos Sainz
3º Fernando Alonso
4º Max Verstappen

No entanto, dada a desigualdade entre Red Bull, McLaren e Toro Rosso, e a diversidade de penalidades para os quatro piloto, parece improvável que haja um empate. Em todo caso, para este GP e os seguintes, a dúvida já está esclarecida.

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Pilotos Fernando Alonso , Daniel Ricciardo , Carlos Sainz Jr. , Max Verstappen
Tipo de artigo Conteúdo especial