Quem reclama da F-1 de hoje nunca guiou um carro desses, diz Massa

Brasileiro compara seu carro a celulares modernos e diz que qualquer um do grid atual andaria com carros do passado

Quando as restrições à comunicação via rádio foi anunciada, a reação do público foi majoritariamente positiva, demonstrando uma insatisfação com o excesso de ajuda recebida pelos pilotos. Muitos justificavam seu desgosto com a Fórmula 1 atual comparando com os pilotos do passado, que tinham de se virar sem a ajuda do rádio e com câmbios manuais e carros bem mais frágeis.

[publicidade] Porém, para Felipe Massa, os pilotos do grid atual teriam totais condições de competir com os carros do passado. Porém, com a tecnologia aplicada aos modelos atuais, são outras variáveis que entram em jogo.

“Essas pessoas que falam isso nunca guiaram um carro desses. Acho que você não pode comparar um carro de hoje com os usados nos anos 90 ou 80. Se quiser comparar, traga os carros dessa época e nós correremos com esses carros, não tem problema.”

O piloto brasileiro comparou seu carro atual a um telefone celular moderno e afirmou que as informações técnicas enviadas pelos engenheiros são importantíssimas.

“É um carro complicado. Antigamente, você só falava no telefone celular. Hoje, você faz tudo nele. A tecnologia é assim. Agora, se não tiver as informações certas para fazer uma mudança, você não consegue fazer isso dentro do carro. Porque não são coisas que dependem do nosso feeling.”

Entendendo essa dificuldade, a FIA decidiu nesta sexta-feira liberar as comunicações sobre aspectos técnicos dos carros. As informações sobre a pilotagem continuam banidas.
Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias