"Quero ser campeão nos próximos três anos", diz Toto Wolff

Diretor executivo da Mercedes crê em possibilidade de ser campeão em breve, e vê dupla da Ferrari de 2014 "não tão harmoniosa"

Com três vitórias na temporada, oito poles e o terceiro lugar no mundial de construtores, a Mercedes conseguiu boa evolução ante sua campanha na temporada de 2012. A dupla de pilotos, com Nico Rosberg e Lewis Hamilton, é considerada extremamente forte por Toto Wolff, diretor executivo do time, e, com os bons nomes, o dirigente espera ser campeão do mundo nos próximos três anos.

Perguntado pelo jornal alemão Bild onde se vê neste tempo, o austríaco disse: "Até lá vou ter justificado com louvor o fato de ser um sério candidato ao título mundial com a Mercedes", antes de mudar rapidamente de opinião: "Não, na verdade eu quero ter conquistado o título dentro destes três anos."

Wolff também comentou a assinatura do finlandês Kimi Räikkönen com a Ferrari, e diz que não acredita que a parceria com Fernando Alonso vá ser das mais fáceis durante a temporada que vem. Por outro lado, defendeu sua dupla de pilotos.

"Acho que nós ainda temos a dupla de pilotos mais forte", disse ele. "Porque ambos pilotos sabem lidar de forma justa um com o outro, apesar de suas muitas diferenças e com toda a concorrência, já que são companheiros de equipe.”

"Eu não acredito que a situação na Ferrari vá ser tão harmoniosa como a nossa."

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias