Quinto, Alonso pede updates para lutar pelas primeiras posições

Espanhol, que largou em 12º, destacou o fato das equipes estarem próximas e quer melhora de dois a três décimos por GP

Alonso largou em 12º e terminou em quinto

Quinto colocado após largar na 12ª colocação no GP da Austrália, Fernando Alonso reconheceu que a Ferrari ainda tem muito trabalho pela frente para que possa lutar pelo tricampeonato. O espanhol, porém, ficou satisfeito em ter minimizado o prejuízo na primeira prova e elogiou a atuação da equipe.

“Sabemos que teremos alguns bons updates nas próximas corridas e espero que, com eles, possamos fazer um bom campeonato. Foi bom começar o campeonato conquistando bons pontos, mas temos de tentar melhorar. Estou orgulhoso da equipe hoje, de como foram os pit stops e a estratégia."

Ouvido pelo TotalRace, o bicampeão acredita que, apesar de estarem a 1s da McLaren, os ferraristas podem melhorar sua situação com pequenas, mas constantes, melhoras, pois as equipes têm rendimento semelhante.

“A classificação mostrou que dois ou três décimos podem colocá-lo em quarto ou em décimo e é isso que temos de fazer, tentar melhorar a partir de agora dois ou três décimos a cada corrida para encurtar a distância.”

Ainda que a Ferrari tenha apresentado melhor ritmo na corrida, os 21s5 que Alonso perdeu em relação a Button ao final da prova, mesmo com um Safety Car agrupando os carros, mostra que a equipe tem muito trabalho pela frente.

“Na corrida, fomos um pouco melhores do que na classificação, mas está claro que ainda temos muito trabalho pela frente. A Red Bull, McLaren e a Mercedes, mesmo tendo feito uma corrida mais ou menos hoje, acredito que sejam rápidos. A Lotus também, com Kimi largando atrás e chegando em sétimo. Não podemos relaxar em nenhum momento.”

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP da Austrália
Pilotos Fernando Alonso
Tipo de artigo Últimas notícias