Quinto, Button diz que errou estratégia e sofreu com pneus

Decisão de usar os pneus macios logo no Q1 e dificuldades com a queda na temperatura prejudicaram o inglês

Button larga em quinto na China

Largando em quinto após lucrar com a punição do companheiro Lewis Hamilton, Jenson Button afirmou que a queda na temperatura durante a sessão de classificação, além de algumas decisões erradas, o atrapalharam.

“No Q1, saímos com o pneu macio só para nos certificar de que entraríamos. Fizemos uma volta a mais nesse pneu, o que a maioria dos carros ao nosso redor não fez, então foi um erro. Mesmo assim, não tínhamos o ritmo já no Q2, éramos lentos.”

O inglês chegou a tentar corrigir o carro, mas não foi suficiente para ter uma boa marca na última parte da classificação.

“Fiz vários ajustes para o Q3 porque o carro estava saindo muito de traseira, mas dava para sentir a temperatura caindo durante a sessão e acho que fomos à pista um pouco tarde, porque os tempos mais rápidos foram feitos no início. Estou um pouco desapontado, senti que poderia ter tirado mais, mas o ritmo de corrida é bom.”

Outro problema de Button foi com a temperatura dos pneus. “Tive dificuldades para gerar temperatura nos pneus dianteiros. Então não é algo incomum para mim. Nesta manhã, com as temperaturas mais altas, o carro estava bom. Estava muito feliz, mas nem tanto depois da classificação.”

Perguntado se tem o pódio como meta, o piloto da McLaren disse que “definitivamente” e apontou Kamui Kobayashi como adversário para a vitória.

“Acho que o objetivo é sempre a vitória, ainda que não seja fácil largando de onde estamos. Mas os carros que estão na nossa frente são mais lentos. O que eu acho diferente é o Kobayashi, cujo ritmo em sequências longas é muito boa. Então será complicado amanhã.”   

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP da China
Pilotos Jenson Button
Tipo de artigo Últimas notícias