Räikkönen afirma que opção pela Ferrari não afeta sua motivação na Lotus

Finlandês se diz aliviado com fim de novela e espera que Cingapura não seja tão difícil como Mônaco para o E21

Com a decisão tomada oficialmente para a temporada 2014, Kimi Räikkönen pode se focar apenas em conseguir bons resultados para finalizar bem sua parceria com a equipe Lotus. Kimi se disse indiferente com sua escolha, mas acha que continuará sendo muito solicitado pela imprensa.

“Espero que isso [o anúncio] signifique que eu não seja mais tão perguntado onde guiarei no próximo ano, mas talvez signifique mais perguntas”, disse o piloto.

“Para a mim, nesta temporada não faz nenhuma diferença. Eu vou continuar a andar forte em todas as corridas para obter o melhor resultado que puder.”

Terceiro no mundial, o finlandês não pontuou nas últimas duas provas e espera quebrar a sequência negativa em Cingapura.

“Mônaco não foi tão bom para nós, mas não há nenhuma razão pela qual Cingapura deva ser difícil. Como em todos os circuitos de rua, é muito difícil de passar outros carros lá, assim, começar a corrida o melhor possível no grid é um fator muito importante para conseguirmos um bom resultado no domingo.”

“Todo mundo trará atualizações para esta corrida, então vamos ter que ver a diferença que vai fazer. Vamos tentar obter o máximo do nosso pacote e trabalhar para alcançar o melhor equilíbrio. Se fizermos tudo certo, devemos ir bem.”

“Obviamente, o pódio é um alvo novo. Nós tivemos duas corridas sem marcar nenhum ponto por isso precisamos marcar tantos quanto pudermos nas corridas restantes na temporada”, finalizou.

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP de Cingapura
Pilotos Kimi Raikkonen
Tipo de artigo Últimas notícias