Räikkönen minimiza não ter Mark Slade na Ferrari em 2014

Engenheiro trabalhou com Kimi em seus anos na McLaren e o ajudou em sua volta à Fórmula 1 em 2012

Depois de ter sido terceiro colocado no mundial do ano passado e estar em terceiro no mundial atual, Kimi Räikkönen irá se transferir para a Ferrari novamente no ano que vem. Em sua estadia na equipe Lotus, Kimi teve a ajuda de um colega conhecido da época que corria pela McLaren, no início de sua carreira na F-1.

Mark Slade foi engenheiro da McLaren na época de Räikkönen e hoje ocupa o cargo do engenheiro de pista na Lotus. Falando ao TotalRace, o piloto dá crédito ao britânico, mas minimiza o fato de não tê-lo no próximo ano.

“Eu gosto de trabalhar com ele, conseguimos bons resultados. Mas também consegui bons resultados na Ferrari”, disse Kimi.

“Mas foi muito importante tê-lo aqui quando cheguei, porque já o conhecia e ele já estava na equipe, conhecia todo mundo, e fez minha vida um pouco mais fácil.”

Mesmo sentindo por não o tê-lo na Ferrari, Kimi vê grande importância na confiança que seu trabalho ao lado de Slade na Lotus gerou.

“Sabia no início que ele seria importante, por isso o quis comigo. Foram muito bons esses dois anos, mas vamos ver o que acontece no ano que vem.”

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Pilotos Kimi Raikkonen
Tipo de artigo Últimas notícias