Raikkonen, 6º, lamenta “cagada” em sua última volta

Finlandês vinha com o melhor tempo nos dois primeiros setores, mas derrapada o deixou somente na terceira fila

Kimi Raikkonen não escondeu sua frustração com um erro que potencialmente lhe custou a pole position para o GP do Azerbaijão de F1. 

O finlandês vinha com o melhor tempo nos dois primeiros setores em sua volta final, mas, nas últimas curvas, cometeu um erro que o impediu de progredir. Ele também havia errado em sua primeira tentativa no Q3, de modo que, sem uma volta inteiramente limpa, iniciará a prova somente em sexto, enquanto que Sebastian Vettel, seu companheiro de equipe, ficou com a pole.

Em entrevista após a classificação, Raikkonen admitiu que não houve nenhum fator externo que o fez cometer o erro. “Eu fiquei de lado e, obviamente, foi isso. Foi muito frustrante perder uma volta bastante decente”, disse o finlandês. “Obviamente foi uma cagada. Um erro. Nos custou algumas posições, então não foi o melhor desfecho.”

“Não tive problemas. Até peguei leve na entrada [da curva], porque, obviamente, tem sido um pouco mais complicado com o vento durante o dia todo. Não sei, simplesmente fiquei de lado. Consegui recuperar, mas sabia que tudo já tinha ido embora, porque era um trecho de pé cravado e uma longa reta.”

Raikkonen também havia cometido um erro no Q2, o que fez com que ele tenha adotado uma estratégia diferente em relação à concorrência. Sua melhor volta na segunda fase do treino foi obtida com pneus ultramacios, pneus com os quais ele terá de largar, enquanto que os demais pilotos de Ferrari, Mercedes e Red Bull iniciarão o GP com compostos supermacios. 

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP do Azerbaijão
Pista Baku City Circuit
Tipo de artigo Últimas notícias