Raikkonen confia que ainda pode vencer corridas e títulos

Com contrato renovado para o ano que vem, finlandês diz que ainda pode render em alto nível e mostrou desejo em ver a permanência de Vettel

Kimi Raikkonen afirmou que não teria se comprometido com um novo contrato com a Ferrari se não acreditasse que ainda tem condições de vencer corridas e campeonatos.

No início da semana, a Ferrari confirmou que estenderia o acordo com Raikkonen por mais uma temporada, mesmo que ele não tenha obtido uma única vitória desde que retornou ao time, em 2014.

Se alguns acreditam que a Ferrari deveria ter optado por algum talento mais jovem, Raikkonen disse que confia em suas próprias habilidades para entregar performance na ponta – e afirmou que deixaria a F1 a partir do momento que sentisse que não é mais capaz de correr de forma firme.

Questionado sobre qual aspecto que mais o convenceu a ficar, o finlandês disse: “É puramente pela corrida. O resto, não.”

“Mas eu gosto das corridas, e obviamente quero ir bem. Se eu não sentisse que posso ir rápido, não estaria feliz comigo mesmo e não estaria aqui.”

Ele acrescentou: “Contanto que eu sinta que eu posso vencer corridas e lutar por títulos, é este o motivo. Se eu não sentisse isso, seria o primeiro cara a querer fazer outra coisa.”

Apesar de alguns terem indicado que um fator importante em sua renovação foi o fato de trabalhar bem ao lado de Sebastian Vettel, o finlandês disse que não sabe as razões que o fizeram merecer um novo contrato.

“Você precisa perguntar para eles. Honestamente, a única coisa em que eu estava interessado era em ficar aqui no ano que vem. Eu não me importo com o que o resto está pensando.”

“A equipe pensa igual. Quais são os motivos? Você precisa perguntar para eles. O que mais posso dizer?”

Contudo, Raikkonen se mostrou certo de uma coisa: ele espera que Vettel assine um outro contrato com a Ferrari, já que seu atual acordo vai até o fim deste ano.

“Nós trabalhamos muito bem juntos, assim como faz toda a equipe. É uma boa forma de trabalhar, mas, obviamente, não sou que decide. Não tenho ideia do que vai acontecer em sua situação. Espero que permaneça como está.”

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Pilotos Kimi Raikkonen
Equipes Ferrari
Tipo de artigo Últimas notícias