Raikkonen: Culpar Vettel por seus erros é “inútil”

compartilhar
comentários
Raikkonen: Culpar Vettel por seus erros é “inútil”
Scott Mitchell
Por: Scott Mitchell
Co-autor: Roberto Chinchero
25 de out de 2018 12:06

Finlandês defende parceiro de Ferrari e diz que é muito fácil dizer depois o que dá errado e o que é melhor

Para o finlandês Kimi Raikkonen, seu companheiro Sebastian Vettel tem enfrentado recentemente uma chuva de críticas injustas.

Falando com exclusividade ao Motorsport.com em Austin no último final de semana, antes de Vettel rodar na primeira volta e diminuir as já fracas esperanças de título, Raikkonen disse que é muito fácil julgar os incidentes olhando depois.

"Eu não sei se ele cometeu muitos erros", disse Raikkonen. “Na Alemanha cometeu, mas então eram condições bastante complicadas”.

“Eu não sei se isso realmente determina o que aconteceu no resultado final. É difícil dizer. Sempre há pessoas tentando apontar o dedo aqui e ali ou dizer 'é por isso que ele não venceu'."

“Você sabe, se você quer apontar o dedo para alguém, há milhões de coisas que você pode dizer, 'ah, ele deveria ter feito isso assim e o resultado final seria diferente'.”

“Mas depois é muito fácil sempre dizer isso. Você volta dez anos atrás e pode apontar, 'oh, você deveria ter feito isso de forma diferente e você teria vencido'. É inútil.”

Kimi Raikkonen, Ferrari with Roberto Chinchero

Kimi Raikkonen, Ferrari with Roberto Chinchero

Photo by: Ferrari

O erro de Vettel nos Estados Unidos poderia ter feito Hamilton finalizar a batalha do título da Fórmula 1 deste ano, mas o alemão se recuperou até o quarto lugar, enquanto Raikkonen acabou com uma seca de 113 corridas sem vitórias na F1 e Hamilton teve que se contentar com o terceiro posto.

Hamilton ainda está perto de conquistar o pentacampeonato, o que significa que a Ferrari ainda terá como seu último campeão como Kimi Raikkonen por pelo menos mais uma temporada.

"Eu realmente não penso nisso", disse o vencedor do título de 2007. “Então talvez um dia, quando eu parar, eu pense: 'estou feliz em ser campeão mundial com a Ferrari'.”

“Mas eu não estou realmente pensando: 'ah, sim, eu sou realmente o último'. As pessoas dizem isso, mas é assim que acontece. Vamos ver o que acontece este ano e no próximo ano.”

Next article
FIA alerta Grosjean por possível suspensão: não seja bobo

Previous article

FIA alerta Grosjean por possível suspensão: não seja bobo

Next article

Haas anuncia acordo com patrocinador principal para 2019

Haas anuncia acordo com patrocinador principal para 2019
Load comments