Raikkonen diz que Halo traz pouca diferença de visibilidade

compartilhar
comentários
Raikkonen diz que Halo traz pouca diferença de visibilidade
Pablo Elizalde
Por: Pablo Elizalde
3 de mar de 2016 18:57

Finlandês afirma que novo sistema de proteção trouxe "surpreendentemente poucas diferenças" de visibilidade dentro do cockpit

The Halo cockpit cover used on the Ferrari SF16-H
Kimi Raikkonen, Ferrari SF16-H running the halo cockpit cover
Kimi Raikkonen, Ferrari SF16-H with the F1 Halo cockpit system
Kimi Raikkonen, Ferrari SF16-H with the F1 Halo cockpit system
Nico Hulkenberg, Sahara Force India F1
Kimi Raikkonen, Ferrari SF16-H running a cockpit cover

Kimi Raikkonen se tornou o primeiro piloto da F1 a testar o novo sistema "Halo" de proteção para a cabeça nesta quinta-feira em Barcelona, em uma volta de instalação de sua Ferrari.

A dúvida principal seria o quanto da visibilidade o piloto poderia perder. Após a terceira sessão de testes da semana, Kimi falou sobre a novidade.

"Um pouco limitada na frente, mas não acho que seja a versão final", disse Raikkonen sobre sua visão. 

"Surpreendentemente trouxe pouca diferença."

Embora o piloto da Ferrari tenha sido o único a correr com o dispositivo, vários de seus colegas tinham opiniões fortes sobre o novo conceito.

"Eu vi uma foto", disse Lewis Hamilton antes de colocar a palma da sua mão no rosto. "Essa é a minha opinião."

Quando pediu para falar sua opinião, ele disse: "Não, eu não vou colocar isso em palavras."

Visual horrível

Nico Hulkenberg, da Force India, deu sua opinião não muito favorável ao novo dispositivo.

"Para mim, o visual é horroroso", disse. "Não gosto. É uma opinião pessoal. Não gostaria de vê-lo em uso."

"Acho que esteriliza nosso esporte. É necessário um elemento de perigo que torna o carro mais sexy e atraente e isso é o que a F1 precisa também."

"Nos últimos 20 anos evoluímos na segurança, tivemos uma série de acidentes feios e vimos pilotos saírem sem nenhum arranhão."

Daniil Kvyat ecoou os pensamentos de Hulkenberg, dizendo que a F1 precisa manter o elemento do perigo.

"Há muitas opiniões sobre o assunto", disse Kvyat. "A F1 é uma corrida de cockpit aberto, é mais perigosa. Corrida de cockpit aberto é corrida de cockpit aberto."

"Eu estou correndo também porque é perigoso e eu sou capaz de aceitar isso. É a minha opinião."

Felipe Massa admitiu que o visual não parecia bom, mas insistiu de que é a favor da introdução de cockpits fechados.

"Não é tão bom. Com certeza a segurança é a coisa mais importante e eu concordo totalmente com o sistema halo ou cockpit fechado", disse Massa.

"Concordo em fazer esta mudança, mas não parece muito boa visualmente, para ser honesto. Então, vamos ver como ele vai se sair."

Próxima Fórmula 1 matéria
Pai de Bianchi não está convencido de que Halo seja eficaz

Previous article

Pai de Bianchi não está convencido de que Halo seja eficaz

Next article

Alonso se diz "triste" com caos do formato de classificação

Alonso se diz "triste" com caos do formato de classificação
Load comments