Raikkonen diz que não abandonou GP de Baku por “sorte”

compartilhar
comentários
Raikkonen diz que não abandonou GP de Baku por “sorte”
Por: Glenn Freeman
Traduzido por: Daniel Betting
30 de abr de 2018 13:34

O piloto finlandês da Ferrari revelou que ele estava prestes a colocar um ponto final em sua corrida em Baku depois de bater em um muro "a toda velocidade" nos estágios finais da corrida

Kimi Raikkonen, Ferrari SF71H sparks
Kimi Raikkonen, Ferrari SF71H
Kimi Raikkonen, Ferrari SF71H
Podium: race winner Lewis Hamilton, Mercedes-AMG F1, second place Kimi Raikkonen, Ferrari, third place Sergio Perez, Force India

Kimi Raikkonen se recuperou do incidente da primeira volta com Esteban Ocon para terminar em segundo lugar atrás de Lewis Hamilton em uma corrida maluca. Mas o finlandês reconhece que pensou que ia ter um grande acidente antes da linha de chegada a três voltas do final, quando bateu no muro.

"Na primeira volta após a relargada, na pequena curva que leva à primeira parte da reta acertei o muro interior a toda velocidade", afirmou o piloto da Ferrari. "Fiquei muito feliz que a roda da frente não saiu. Eu estava sair em alta velocidade, mas eu tive sorte".

Raikkonen acrescentou que levou outro grande susto antes mesmo de começar a corrida, quando "eu quase bati no muro no caminho para o grid".

"Tive muitos momentos apertados. Estávamos indo muito perto do limite e não foi fácil. Não foi a prova mais agradável, pois algumas voltas foram boas e noutras tive de fazer um esforço para não bater nos muros".

"As sensações estiveram, mas não de maneira consistentemente, então pensei 'Ok, vou tentar ir o mais rápido que puder, mas com segurança'. Talvez algumas coisas funcionaram a nosso favor".

"Os Red Bull... olha o que eles estavam fazendo. Eu tinha certeza de que algo ia acontecer mais cedo ou mais tarde, quando eles se aproximaram um do outro. Nos afastamos dos problemas, sabendo o que aconteceu no ano passado, ficou claro que isso ia funcionar".

Ocon culpou Raikkonen pelo acidente na primeira volta, mas o finlandês acredita que o piloto da Force India não viu que ele estava ao seu lado.

"Eu estava por dentro e eu não sei se ele me viu, mas virou para mim. Eu pensei que ele sabia que estava ao seu lado. Destruímos nossa asa dianteira e pneus. O carro ia bem, apesar de ter sofrido um pouco com os pneus, mas não houve muito dano".

Confira os dez momentos mais arcantes do GP do Azerbaijão

 

Próxima Fórmula 1 matéria
Honda e Red Bull têm 1ª reunião formal para parceria

Previous article

Honda e Red Bull têm 1ª reunião formal para parceria

Next article

VÍDEO: Calamidade da Red Bull em Baku

VÍDEO: Calamidade da Red Bull em Baku
Load comments

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Evento GP do Azerbaijão
Localização Baku City Circuit
Pilotos Kimi Raikkonen Shop Now
Equipes Ferrari Shop Now
Autor Glenn Freeman
Tipo de matéria Últimas notícias