Raikkonen esnoba tempo, mas comemora sensação com nova Ferrari

Depois de sofrer em 2014, líder dos primeiros testes se mostra contente com comportamento do carro

Depois de ter vivido uma temporada difícil na Ferrari em 2014, Kimi Raikkonen se mostrou aliviado com as sensações que teve ao pilotar pela primeira vez seu carro para esta temporada. Porém, mesmo se sentindo mais confortável a bordo do SF15-T e fazendo o melhor tempo do primeiro teste coletivo, em Jerez, o finlandês é cauteloso em relação às chances da Scuderia.

[publicidade] “[O melhor tempo] não significa muita coisa”, salientou o campeão de 2007. “Os tempos de volta podem ser o que forem mas conseguimos dar um bom número de voltas e as coisas estão funcionando, não tivemos muitos problemas. Isso é o principal, além da sensação, que é muito boa, então isso é importante.”

A Ferrari vem de seu primeiro ano sem vitórias desde 1993 e Raikkonen foi quem mais sofreu com os desequilíbrios do carro anterior.

“Acho que todo o pacote é melhor: o motor e o carro em si, tudo melhorou. Obviamente ainda temos muito trabalho duro para tentar melhorar as coisas, mas é um bom ponto de partida. Comparando com o ano passado, achei muito melhor, mas ainda temos muitas coisas para trabalhar.”
Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias