Raikkonen está sentindo a pressão da Ferrari, afirma Massa

Ex-companheiro de Kimi nos tempos de Maranello, brasileiro crê que o finlandês esteja pressionado dentro da equipe.

Kimi Raikkonen teve más atuações nas últimas provas e segue com seu futuro incerto na Ferrari. Até agora, o chefe da equipe italiana, Maurizio Arrivabene, não se manifestou quanto a um novo contrato do piloto. Ex-companheiro na Ferrari, Felipe Massa, afirmou que o finlandês está sofrendo pressão dentro da equipe.

Com experiência de ter passado por uma situação parecida com a que Raikkonen está vivendo na Ferrari, o brasileiro sabe muito bem como é estar em Maranello quando as coisas não saem como é esperado. Em entrevista realizada nesta quinta-feira, em Silverstone, o piloto opinou sobre a situação do finlandês.

"Não é bom estar nessa posição, isso é o que eu acho importante mencionar. Definitivamente, ele está sofrendo mais com a pressão do que com as outras coisas", afirma.

Massa e Raikkonen trabalharam juntos na Ferrari entre 2007 e 2008 e a fama de "Homem de Gelo" que o campeão do mundo tem, para o brasileiro não funciona tanto na prática. 

"Como todo mundo diz, ele não é realmente assim. Ele pode sofrer com a pressão e está demonstrando isso com os resultados. Então, ele só precisa relaxar e tentar fazer o seu melhor. É um grande talento e pode fazer muito melhor do que está fazendo, todo mundo sabe disso.

O brasileiro ainda comentou sobre os rumores de que a Ferrari já estaria de olho em outros pilotos.

"É possível que a equipe esteja procurando um outro piloto. Tem alguns nomes de que talvez já estejam de olho, eu não sei. Eu não acho eu que seja um deles, então isso não é problema meu", comentou.

A atenção da mídia

Massa, que deixou a Ferrari para se juntar a Williams no final de 2013, disse que a enorme atenção da mídia deixa a vida dos pilotos da Ferrari mais difícil.

"A equipe te apoia. Mas não é apenas ela. A Ferrari é uma grande empresa, de modo que todos os dias estamos na mídia, seja para o bem ou para o mal", relembrou.

"Mas, sabemos que a Ferrari é a Ferrari e é uma das maiores e mais famosas equipes da F1, então, definitivamente, você tem muito mais pressão do em outra equipe. Eu senti muita pressão em momentos difíceis, e, eu precisei ter algumas mudanças para conseguir relaxar e foi o que eu fiz. Após isso, as coisas mudaram de uma maneira melhor para mim", acrescentou.

Raikkonen no escuro

Já o finlandês disse que não sabe nada sobre o seu futuro e que ainda não foi procurado pela Ferrari para discutir um novo acordo.

"Eu não sei. Eles tomaram uma decisão para que eu faça boas corridas. Na última foi um pouco difícil, mas faz parte do jogo. Eu não sei nada a mais do que vocês (imprensa), disse.

"Em algum momento vai acontecer. Há sempre uma especulação para começar o ano e sempre as mesmas histórias, então isso realmente não me surpreende", finalizou Raikkonen

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP da Grã-Bretanha
Pista Silverstone
Pilotos Kimi Raikkonen , Felipe Massa
Equipes Ferrari
Tipo de artigo Últimas notícias