Raikkonen: Ferrari pode ser competitiva, espero que não chova

compartilhar
comentários
Raikkonen: Ferrari pode ser competitiva, espero que não chova
Roberto Chinchero
Por: Roberto Chinchero
Traduzido por: Daniel Betting
4 de out de 2018 23:57

Piloto finlandês está convencido de que a equipe italiana já entendeu os problemas de Singapura e Sochi, e espera poder lutar pela vitória em uma pista onde não vence desde 2005

Sebastian Vettel, Kimi Raikkonen, Ferrari, unveiling Mission Winnow livery
Kimi Raikkonen, Ferrari on the drivers parade
Kimi Raikkonen, Ferrari SF71H
Kimi Raikkonen, Ferrari SF71H
Kimi Raikkonen, Ferrari SF71H
Kimi Raikkonen, Ferrari
Kimi Raikkonen, Ferrari

Observando a classificação do campeonato, você poderia pensar que nas últimos cinco corridas da temporada o objetivo de Kimi Raikkonen não será outro senão ajudar a Ferrari e Sebastian Vettel na luta pelo mundial, algo que parece muito difícil.

Mas talvez não seja um final de temporada relaxada para Kimi. Suas próximas cinco corridas ao volante da Ferrari serão sua última oportunidade de vencer uma corrida novamente, algo que ele não consegue desde 2013 e algo que ele nunca conseguiu em sua segunda passagem pela equipe de Maranello.

"Depois da temporada europeia, tivemos mais dificuldades do que o esperado", disse Raikkonen, "as duas últimas corridas não foram geniais, mas vamos ver como vai ser aqui em Suzuka. Entendemos o que não funcionou em Sochi, mas esta é uma pista totalmente diferente e esperamos que nosso fim de semana também seja diferente".

Leia também:

"Em Sochi trabalhamos muito, melhorando o carro antes da classificação, mas não foi o suficiente, estamos agora em um circuito permanente e esperamos poder lutar para estar no topo tanto na classificação quanto na corrida."

Esperando que os meteorologistas se pronunciem com mais precisão, o fim de semana traz alguma incerteza em Suzuka. Vendo o desempenho da Mercedes nas últimas corridas, pode parecer que seus adversários esperam alguma chuva para variar um pouco a ordem do grid, mas isso não é algo que Raikkonen está procurando.

"Eu acho que no molhado, não temos rendido como gostaríamos", admitiu, "Tivemos alguns problemas, mas lembro que na classificação da Hungria, estava muito feliz com o carro e naquele momento os problemas tiveram mais a ver com o momento em que colocamos os pneus. Tenho certeza de que temos boa aceleração e boa potência, mas até agora, nosso desempenho no molhado não é um dos nossos pontos fortes".

Kimi também enfatizou que a chuva não representa necessariamente uma oportunidade para a vitória.

"Depende fundamentalmente do grau de certeza da previsão. Se há certeza de que vai chover na classificação e na corrida, obviamente, trabalhamos nessa direção", disse o finlandês, "mas se é uma situação de pouca certeza é mais difícil de tomar decisões. Às vezes, quando chove, a pista torna-se impraticável e você não pode andar e não tem pneus de chuva suficientes para poder trabalhar normalmente, porque você tem que mantê-los para a classificação e corrida."

Raikkonen não é um piloto que gosta de estatísticas, mesmo quando elas estão relacionados com a sua própria carreira, mas a curiosidade é que, desde a sua vitória com a McLaren em 2005, não voltou ao pódio em Suzuka.

"Honestamente, eu ignoro isso", concluiu Kimi "mas devo dizer que muitas vezes eu tive problemas inesperados. Espero que este ano pode ter um fim de semana limpo e se eu tiver, eu acho que posso acabar com essa série negativa."

Próxima Fórmula 1 matéria
Grosjean: mudança em quali corrigiria problema errado

Previous article

Grosjean: mudança em quali corrigiria problema errado

Next article

Atualizações técnicas da F1, direto do pitlane de Suzuka

Atualizações técnicas da F1, direto do pitlane de Suzuka
Load comments

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Sub-evento Thursday
Pilotos Kimi Raikkonen Shop Now
Equipes Ferrari Shop Now
Autor Roberto Chinchero
Tipo de matéria Entrevista