Raikkonen foge do favoritismo: "Todos começam do mesmo lugar"

Segundo no Bahrein ano passado apenas em sua quarta corrida após o retorno à F-1, finlandês chega bem cotado a Sakhir

Segundo colocado no ano passado, chegando a colocar pressão no vencedor Sebastian Vettel, Kimi Raikkonen é considerado um dos favoritos para o GP do Bahrein. A favor do finlandês está o bom ritmo apresentado pela Lotus especialmente durante as provas da Austrália e da China e o fato de estar totalmente readaptado à categoria após dois anos afastado.

Porém, ouvido pelo TotalRace no paddock em Sakhir, o piloto da Lotus não entrou na onda do favoritismo.

“Não acho [que seja favorito]. Todos começam do mesmo lugar. Será uma questão de quem vai fazer o melhor final de semana. Não fiquei mais esperto desde o último final de semana, então é difícil dizer qualquer coisa antes que andemos aqui nos treinos. Os pneus são um pouco diferentes em relação ao ano passado. Acho que nosso carro é mais ou menos bom em todos os lugares, estão deveremos estar bem.”

Vice-líder do mundial, a três pontos de Vettel, Raikkonen acha que ainda é cedo para cravar que está na luta pelo bicampeonato.

“Tivemos alguns problemas na Malásia, mas no geral, tudo está funcionando bem. Não acho que estamos tão fortes. Estamos bem. Tivemos alguns problemas que não nos custaram muito. Vamos tentar fazer o melhor que pudermos e minimizar os finais de semana ruins. É muito cedo [para falar em disputar o título], porque todos podemos ter uma sequência ruim e ficar para trás

Perguntado sobre sua relação com o circuito de Sakhir, no qual tem cinco pódios nas sete vezes em que correu, mas nenhuma vitória, o finlandês se mostrou indiferente. “Não amo ou odeio mais do que qualquer outra pista. É um circuito diferente e, normalmente, as corridas são boas e não é muito difícil de ultrapassar.” 

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP do Bahrein
Pilotos Kimi Raikkonen
Tipo de artigo Últimas notícias