Raikkonen revela problemas na Lotus: "Não é um desastre"

compartilhar
comentários
Raikkonen revela problemas na Lotus:
Por: Julianne Cerasoli
16 de mar de 2012 10:54

Finlandês afirma que a direção assistida do E20 é falha em certas condições e prevê que demore para resolver o problema

Raikkonen teve um dia apagado em Melbourne

No que classificou com um dos dias mais ‘inúteis’ desde seu retorno à F-1, Kimi Raikkonen admitiu que faltou ritmo à Lotus nos primeiros treinos livres para o GP da Austrália. O finlandês revelou que o carro tem um problema com a direção, o qual não espera que seja resolvido neste final de semana.

“É algo que temos de consertar, mas não é coisa mais fácil de consertar. Há algo que podemos usar agora, mas não está perfeito. É a direção, há alguns problemas, mas não tem porque falar nisso. É o que é e temos de lidar com isso”, afirmou em entrevista acompanhada pelo TotalRace em Melbourne.

“Ela está funcionando bem em algumas condições e, em outras, tem nos dado problemas. Espero que tenhamos uma nova na próxima corrida e possamos melhorá-la. Vai ser difícil acertar totalmente, mas é possível melhorar.”

Nono colocado na primeira sessão de treinos e 18º na segunda, na qual pouco andou, Raikkonen deixou claro que não está feliz com o carro neste início, mas acredita que é possível melhorar amanhã, quando a previsão é de tempo seco.

“Acho que ritmo nunca é o suficiente, mas não foi um desastre, até porque não forcei muito. Mas espero que tenhamos um dia de sol amanhã para poder andar no treino de manhã. É claro que já tivemos um ritmo muito melhor que esse, mas não há motivo para pânico. Vamos tentar mudar as coisas com as quais não estamos felizes e veremos o que acontece.”

O finlandês admite que os primeiros treinos não foram suficientes para saber onde está em relação aos rivais.

“Fiz uma volta limpa pela manhã e quase uma inteira à tarde. Realmente não sei onde estaremos. Acredito que seja um pouco melhor depois da classificação. Não me sinto preparado, mas é o mesmo para todos e temos amanhã de manhã para trabalhar.”

Ao menos sobre os pneus, Raikkonen está tranquilo. “Usamos os dois compostos, mas fizemos acho que 11 voltas no total, então não sei como será. Os dois me parecem bons.”

Próxima Fórmula 1 matéria
Senna fala sobre ter "roubado namorada" de Barrichello na F-1

Previous article

Senna fala sobre ter "roubado namorada" de Barrichello na F-1

Next article

Di Grassi deve seguir como piloto de testes da Pirelli

Di Grassi deve seguir como piloto de testes da Pirelli
Load comments

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Evento GP da Austrália
Pilotos Kimi Raikkonen Shop Now
Autor Julianne Cerasoli
Tipo de matéria Últimas notícias