Raikkonen tem melhor classificação desde julho, mas larga em último

compartilhar
comentários
Raikkonen tem melhor classificação desde julho, mas larga em último
Por: Julianne Cerasoli
2 de nov de 2013 13:57

Finlandês estava feliz com retorno do carro com menor distância entre eixos, mas comissários viram irregularidade

Kimi Raikkonen fez sua melhor classificação desde o GP da Alemanha, nona etapa do campeonato, e alinharia em quinto lugar no GP de Abu Dhabi, mas os comissários encontraram irregularidades em sua Lotus e excluíram o finlandês do treino. Com isso, o campeão de 2007 larga na última colocação.

Antes do anúncio da exclusão, ocorrida pelo excesso de flexibilidade no assoalho do carro, o finlandês explicou que o retorno do chassi com menor distância entre eixos ajudou a melhorar seu desempenho. “Certamente faz parte. O carro vira de um jeito que me agrada mais e consigo pilotá-lo mais dentro do meu estilo.”

Mais de quatro horas após a classificação, os comissários decidiram excluir Raikkonen da classificação porque sua Lotus não respeitou o artigo 3.17.5 do regulamento técnico. O assoalho moveu-se mais do que os 5mm previstos nas regras quando foi aplicada uma carga em um teste feito pelos oficiais de pista, que não aceitaram a justificativa da equipe de que o piloto havia batido em uma zebra durante a classificação e danificado o assoalho.

“Os comissários ouviram a explicação da equipe de que uma peça relevante quebrou-se quando bateu em uma zebra. Entretanto, os comissários não aceitaram que o incidente referido constituiu em um acidente ou desculpa para o carro não ter passado no teste”, afirmou a FIA em comunicado.

A mesma explicação havia sido dada quando o companheiro de Kimi, Romain Grosjean, teve problema semelhante no GP da Hungria. Na ocasião, o francês foi liberado sem punição.

Em Abu Dhabi, Grosjean se mostrou decepcionado com o sexto posto no grid. “Foi uma das sessões de classificação mais difíceis que tivemos recentemente, e o sétimo lugar [o piloto subiu para sexto com a punição do companheiro] no grid não era o resultado que esperávamos pelo ritmo que mostramos no final de semana. A frente do carro estava bem diferente, então precisamos investigar o que não está funcionando. Temos de analisar os dados para chegar ao nosso objetivo para domingo, que é o pódio.”

Próxima Fórmula 1 matéria
"Pole de Webber dá esperança", diz novo companheiro de Vettel

Previous article

"Pole de Webber dá esperança", diz novo companheiro de Vettel

Next article

Pilotos do meio para o fim do pelotão creem em domingo melhor

Pilotos do meio para o fim do pelotão creem em domingo melhor
Load comments