Raikkonen vence e Vettel chega em terceiro após largar dos boxes

Após punição na classificação, alemão perde apenas três pontos em relação a Alonso, que fechou em segundo

Kimi Raikkonen conquistou sua primeira vitória no retorno à Fórmula 1 ao dominar o GP de Abu Dhabi. O finlandês, que largou em quarto, ganhou duas posições na largada e lucrou com o abandono de Lewis Hamilton para conquistar sua primeira vitória desde o GP da Bélgica de 2009.

Fernando Alonso conseguiu salvar mais um final de semana que parecia ruim após a classificação e foi segundo, mas não conseguiu tirar muita diferença no campeonato em relação a Sebastian Vettel, que chegou em terceiro após largar dos boxes. O alemão passou Jenson Button a três voltas do final e chegou ao pódio após excelente prova de recuperação, com uma estratégia diferente, de duas paradas, depois de largar dos boxes por uma punição recebida na classificação. Assim, a vantagem do piloto da Red Bull é de 10 pontos em relação ao ferrarista.

Felipe Massa andava em sexto quando rodou em disputa com Mark Webber e chegou em sétimo, logo à frente de Bruno Senna, que também teve problemas, mas na largada. Após largar em terceiro, Maldonado chegou em quinto, à frente de Kobayashi. Di Resta e Ricciardo completaram o top 10.

Mark Webber não largou bem e abriu caminho para Kimi Raikkonen, que travou duelo com Pastor Maldonado e saiu de quarto para segundo na primeira curva. Enquanto isso, Fernando Alonso superou Jenson Button nas primeiras curvas e o próprio Webber na reta oposta, subindo para quarto. O australiano se posicionou logo atrás, com Button em quinto e Felipe Massa em sexto.

A primeira volta foi acidentada para Nico Hulkenberg, que abandonou após acertar Bruno Senna. Romain Grosjean e Nico Rosberg também se tocaram e foram para o final do grid. As confusões foram abrindo caminho para Sebastian Vettel, que se livrou em sete voltas dos pilotos das nanicas e, mesmo com parte da asa quebrada após toque com Senna, se viu em 12º antes da décima volta.

No oitavo giro, Narain Karthikeyan diminuiu repentinamente a velocidade em uma curva de pé embaixo e Nico Rosberg encheu a traseira do indiano, voando por cima da HRT e batendo fortemente no muro. As imagens foram fortes, mas o alemão saiu do carro normalmente.

Durante o Safety Car, Vettel aproveitou para fazer sua primeira parada, colocando pneus macios e caindo novamente para o fundo do pelotão. O alemão teve boa briga com Romain Grosjean. Chegou a passá-lo por fora da pista, devolveu a posição e novamente superou o francês. Assim, subiu ao 15º lugar.

Na 19ª volta, Hamilton parou seu carro por causa de perda de potência, dando a liderança para Kimi Raikkonen. Na volta seguinte, Alonso usou a DRS para superar Maldonado, que vinha em ritmo bem mais lento. Webber teve mais problemas para ultrapassar o venezuelano e, quando colocou de lado, os dois se tocaram e o australiano rodou, indo parar atrás de Massa. Quando fez a manobra em cima do brasileiro, o piloto da Red Bull saiu da pista. Na briga, o brasileiro rodou. Assim, após sua parada, caiu para o 14º lugar.

Quem ganhou terreno no final do primeiro stint foi Sergio Perez, que passou Maldonado e Massa. Assim, voltou da primeira parada à frente de Webber. Porém, a dupla perdeu terreno para aqueles que pararam no início da prova. Assim, caíram para nono e décimo.

Um dos pilotos que lucrou foi Vettel, que pulou para segundo após as paradas. O alemão teria 39 voltas para fazer com o pneu macio, sendo que Raikkonen foi quem mais aguentou no primeiro stint, com 30 voltas, contabilizando o período com Safety Car.

Com 36 voltas, Raikkonen liderava com tranquilidade, com Vettel em segundo, Alonso em terceiro – bastante pressionado por Button. O alemão, que perdia tempo por ter pneus mais usados, fez sua segunda parada e voltou em quarto.

Grosjean era quinto, seguido por Di Resta, Perez e Webber. Mas o trio se envolveu em uma confusão, com Di Resta e Perez saindo da pista. Na volta, Grosjean acertou o mexicano, em batida que acabou levando junto o escocês e Webber. O strike, do qual Perez saiu como culpado, levando um stop and go, trouxe outro Safety Car, que chegou na hora certa para Vettel. Assim, o alemão ficou colado em Button, mas com pneus macios e novos.

Após o segundo Safety Car, Raikkonen seguiu na frente, seguido por Alonso, Button, Vettel, Maldonado, Kobayashi, Massa, Senna, Vergne e Di Resta. Com toda a confusão, Kobalainen subiu ao 12º posto, importante para a classificação da Caterham.

Após pressionar muito Button, Vettel o ultrapassou a três voltas do final. Ao mesmo tempo, Alonso tentava se aproximar de Raikkonen. O espanhol fez uma sequência de voltas mais rápidas e chegou a estar a menos de um segundo de Raikkonen, mas não foi o suficiente e Raikkonen manteve o controle da corrida até a bandeirada final.

Resultado do GP de Abu Dhabi:
1º) Kimi Raikkonen, (Lotus-Renault), 1h45min58s667
2º) Fernando Alonso, (Ferrari), a  0s852
3º) Sebastian Vettel, (Red Bull-Renault), a  4s163
4º) Jenson Button, (McLaren-Mercedes), a  7s787
5º) Pastor Maldonado, (Williams-Renault), a 13s007
6º) Kamui Kobayash, (Sauber-Ferrari), a 20s076
7º) Felipe Massa, (Ferrari), a 22s896
8º) Bruno Senna, (Williams-Renault), a 23s542
9º) Paul di Resta, (Force India-Mercedes), a 24s160
10º) Daniel Ricciardo, (Toro Rosso-Ferrari), a 27s400
11º) Michael Schumacher, (Mercedes), a 28s000
12º) Jean-Eric Vergne, (Toro Rosso-Ferrari), a 34s900
13º) Heikki Kovalainen, (Caterham-Renault), a 47s700
14º) Timo Glock, (Marussia-Cosworth), a 56s400
15º) Sérgio Perez, (Sauber-Ferrari), a 56s700
16º) Vitaly Petrov, (Caterham-Renault), a 1min04s500
17º) Pedro de la Rosa, (HRT-Cosworth), a 1min11s5

Volta mais rápida: Sebastian Vettel, 1min43s964

Não completaram:
Charle Pic, (Marussia-Cosworth), volta 42
Romain Grosjean, (Lotus-Renault), volta 38
Maek Webber, (Red Bull-Renault), volta 38
Lewis Hamilton, (McLaren-Mercedes), volta 20
Narain Karthikeyan, (HRT-Cosworth), volta 8
Nico Rosberg, (Mercedes), volta 8
Nico Hulkenberg, (Force India-Mercedes), volta 1

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias