Ramirez lamenta situação da McLaren: "estão se destruindo"

Jo Ramirez, ex-coordenador da McLaren, crê que a falta de paixão e política em excesso prejudicaram a performance do time na pista nos últimos anos

Sem vencer uma corrida desde a temporada 2012, a McLaren tem sofrido nas últimas temporadas, especialmente após retomar a parceria com a Honda - o que aconteceu em 2015. 

Internamente, o time de Woking também passa por reestruturações na diretoria, com Ron Dennis sendo forçado a sair da equipe após décadas de união. Zak Brown foi apontado como o novo diretor executivo mais cedo neste ano, ocupando o lugar deixado por Dennis.

Jost Capito, escolhido como CEO da equipe há cerca de quatro meses, está deixando a McLaren, enquanto Ekrem Sami, chefe de marketing, deixou o cargo - embora ainda faça parte da equipe.

Jo Ramirez, que foi coordenador da McLaren de 1984 a 2001, crê que a equipe vive uma situação muito delicada e revela que alguns membros do staff estão tristes com a situação.

"Infelizmente a McLaren está em uma situação muito delicada, pois há muita política lá. Jost Capito está de saída - pessoas na McLaren tinham muita esperança no trabalho dele. Ele ficou por alguns meses, viu que a política é forte demais a ponto de se tornar insuportável e vai sair", disse Ramirez à rádio espanhola COPE.

"Ekrem Sami ainda é parte da gerência, embora tenha saído da diretoria. Há muitas coisas entristecendo as pessoas na McLaren. Estou em Londres e almocei com um amigo que ainda está na equipe, que me disse estar triste. Todos seguem trabalhando, mas o que se vê é falta de paixão", afirmou.

"Eles têm os empregos e conseguem sobreviver, mas não há a mesma paixão de antes. Há muitas pessoas na McLaren que são pessoas trazidas por Ron", accrescentou.

Entretanto, Ramirez acredita que a situação pode melhorar se o time focar no lançamento do carro para a próxima temporada.

"As coisas devem melhorar em janeiro ou fevereiro, quando eles lançarem o novo carro. É algo que Fernando (Alonso) sabe e espera. Ninguém é perfeito, Ron cometeu muitos erros e por isso saiu. Veremos se a nova gerência consegue recuperar esse grande nome, pois nós que estivemos lá estamos tristes com o que vemos agora. Eles estão se destruindo", completou.

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Pilotos Fernando Alonso
Equipes McLaren
Tipo de artigo Últimas notícias