Realizando sonho de infância, Vettel se emociona com triunfo

Piloto alemão conquista sua 40ª vitória e está a apenas a uma de Senna na lista de maiores vencedores

Com uma estratégia para lá de abusada, arriscando não seguir os carros da Mercedes no início da corrida, no momento que os carros alemães entraram nos boxes durante o Safety Car provocado pelo sueco Marcus Ericsson, Sebastian Vettel conseguiu sua primeira vitória desde o GP do Brasil de 2013. Foi também o primeiro triunfo da Ferrari desde Espanha 2013.

Usando do grande ritmo, o alemão vibrou com sua conquista. “Já fazia um tempo que não chegava aqui. Minha primeira vez aqui com a Scuderia Ferrari. Não sei o que dizer”, disse.

“Obviamente foi uma grande mudança, e a equipe me deu as boas-vindas. Estou recebendo muita energia dos fãs e só fiz duas corridas. Estamos em uma grande atmosfera, e estou muito feliz. Algo muito bom, temos um grande carro e estou emocionado.”

“Hoje é um dia especial e sempre vai ficar na minha memória. Agradeço a toda a equipe, a Itália e aos fãs.”

Sebastian também lembrou de 2014 e de suas dificuldades com o RB10. “O ano passado não foi bom para mim. Tínhamos um bom carro, mas tinha problemas para extrair performance dele. Este carro é bom para mim. Obviamente é uma grande mudança, mas a equipe foi fenomenal.”

“Lembro do portão de Maranello abrindo, e foi como um sonho se tornando realidade. Lembrei de quando era criança e via Schumacher andando com a Ferrari pela grade. Agora estou dirigindo este carro vermelho e é incrível. A equipe foi bem na estratégia, em ritmo e batemos a Mercedes Agradeço à equipe aqui e em Maranello. Foi demais.”

“Queremos fazer a Ferrari ser campeã. Mas temos que aproveitar o dia e festejar hoje à noite, não me importo.”

Com o triunfo o alemão está só a uma vitória de igualar Ayrton Senna na estatística de vitórias, com 41.
Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias