Red Bull culpa mecânico por falha no pit stop de Webber

Equipe explica incidente para a Federação Internacional e promete tomar medidas de prevenção no futuro

A Red Bull enviou à Federação Internacional de Automobilismo um relatório explicando as causas do incidente ocorrido durante o GP da Alemanha, quando uma roda mal afixada se soltou do carro de Mark Webber e atingiu um cinegrafista da FOM, que gera as imagens da prova.

A equipe afirmou que houve uma falha humana e prometeu implementar mudanças no sistema para prevenir novos acidentes. A explicação é de que o dedo do mecânico que efetuava a troca escorregou, indicando aos demais que o processo havia terminado. Durante a troca, o mecânico deve manter o botão pressionado e, assim que o solta, aqueles que cuidam dos macacos recebem o sinal verde para liberar o carro.

Para evitar que o erro volte a ocorrer, a Red Bull reportou à FIA que vai introduzir um sistema de segurança para que o sinal verde não seja dado antes que o processo estiver terminado.

O relatório foi repassado a outras equipes para que todos possam estudar medidas para evitar que tal falha se repita. Nos últimos anos, desde o final do reabastecimento e com a necessidade dos pit stops serem cada vez mais rápidos, esse tipo de acontecimento tem sido relativamente comum.

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias