Red Bull e Ricciardo divergem sobre estratégia em Abu Dhabi

Time austríaco diz que Daniel Ricciardo não poderia ter seguido estratégia de uma parada, feita por Max Verstappen no GP de Abu Dhabi; australiano analisa e crê que poderia ter feito o mesmo que companheiro de equipe

Daniel Ricciardo terminou o GP de Abu Dhabi, realizado no último domingo (27), em quinto lugar. Diferentemente de Max Verstappen, que fez apenas uma parada, o australiano parou duas vezes nos boxes, mesmo tendo largado com os mesmos compostos supermacios utilizados pelo companheiro de equipe.

Ao explicar o que aconteceu, Christian Horner, chefe da Red Bull, revelou que uma combinação de fatores levou o time a fazer Ricciardo parar rapidamente. "Naquele momento, não acreditávamos que os supermacios fossem durar o quanto acabaram durando. Ricciardo travou as rodas na largada e deixou o pneu 'quadrado'. Além disso, estávamos de olho no ritmo de Vettel", disse.

"Não queríamos perder a posição para Vettel e não estava claro se Daniel poderia abrir vantagem. Parar uma vez não estava em nossos planos naquele momento, por isso chamamos Daniel para os pits. Queríamos ter a certeza de que não perderíamos a posição para Sebastian", afirmou.

Horner acrescentou ainda que a decisão por apenas uma parada para Verstappen foi motivada pelo ritmo imposto por Lewis Hamilton. Ao segurar Nico Rosberg, o britânico permitiu que o holandês não perdesse terreno.

"Parecia que Rosberg havia sido instruído a não ir a lugar algum. Com isso, a estratégia de uma parada se tornou possível. Com Lewis segurando Nico e Max fazendo 21 voltas com os supermacios - o que foi fantástico - uma parada acabou sendo nossa estratégia.

Já Ricciardo, após a prova, avaliou o cenário e pensou de forma diferente de Horner, acreditando que fazer apenas uma parada teria sido a melhor opção.

“Os supermacios funcionaram bem. Perdemos um pouco no início, mas conseguimos manter o ritmo. Então comecei a perceber que as Ferraris estavam começando a sofrer com os ultramacios. Vi que Vettel perdeu um pouco de ritmo atrás de mim e Kimi sofrendo logo à frente", disse.

“Olhando em perspectiva, deveríamos ter ficado mais tempo com os supermacios e feito apenas uma parada, funcionou muito melhor para Max. Se tivéssemos ficado à frente das Ferraris, faria sentido tentar segurar a posição", afirmou.

“No fim, ficamos perto de superá-los na estratégia, mas não funcionou. Sofremos muito ao ficar atrás deles e acabamos com os pneus. Tentei ultrapassá-los algumas vezes, mas não deu muito certo", completou.

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP de Abu Dhabi
Pista Yas Marina Circuit
Pilotos Daniel Ricciardo
Equipes Red Bull Racing
Tipo de artigo Últimas notícias