Red Bull lança modelo de 2013 em busca do tetracampeonato

Em uma continuação da linhagem vencedora, o RB9 tem linhas agressivas e mantém degrau, mas com desenho diferente

Buscando seu quarto título consecutivo de pilotos e equipes, a Red Bull lançou neste domingo, em sua fábrica, em Milton Keynes, Inglaterra, o RB9, modelo para a temporada 2013. Nos últimos três anos, a equipe conquistou 65% dos pontos, 70% das poles e perto de 50% das vitórias possíveis.

SAIBA TUDO SOBRE O LANÇAMENTO DA RED BULL:

O carro continua com o degrau no bico, mas sem a “caixa de correio” que tinha ano passado, uma espécie de entrada de ar posicionada no degrau. Segundo o projetista Adrian Newey, apesar de terem adotado o painel opcional permitido pela FIA, ele não cobre totalmente o degrau porque "seria injustificável em termos de peso". A traseira continua bastante reduzida e as linhas são mais agressivas do que as de Ferrari e McLaren. Na pintura, o roxo aparece mais forte, pois a montadora Infinity, de propriedade de Renault, entrou inclusive para o nome oficial da equipe: Infinity Red Bull Racing.

“Esse carro marca um novo início para nós”, disse o chefe da equipe, Christian Horner. Newey, no entanto, destacou que o RB9 é “na verdade um carro evolucionário”, sem grandes mudanças em relação a seu antecessor.

Em 2012, a equipe começou com dificuldades após protagonizar um dos maiores domínios da história da F-1 no ano anterior, por conta das regras que dificultavam o uso dos gases do escapamento para efeito aerodinâmico. A partir do GP de Valência, oitava etapa, a carro deu seu primeiro grande salto de performance e, no GP de Cingapura, 14º GP, Sebastian Vettel começou uma sequência de quatro vitórias seguidas, abrindo caminho para seu terceiro título mundial, conquistado de maneira emocionante no GP do Brasil.

O ano de 2013 é o último com mesmo conjunto de regras aproveitado pela Red Bull e seu projetista Adrian Newey para subir de equipe média para grande dominadora da Fórmula 1. Todas as vitórias da equipe foram conquistadas desde o RB5, de 2009, para cá. São carros que ditaram as tendências em termos de aerodinâmica, como as suspensões pullrod, as traseiras miniaturizadas e o uso dos gases do escapamento para melhorar a performance do carro.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Pilotos Mark Webber , Sebastian Vettel
Tipo de artigo Últimas notícias