Red Bull nega ordens de equipe para ajudar Ricciardo

Segundo o chefe da equipe, diferença do australiano para as Mercedes "é enorme" e não faz sentindo interferir

A equipe Red Bull negou que possa usar ordens de equipe nas próximas provas para dar mais chances a Daniel Ricciardo de disputar o título com os pilotos da Mercedes. O australiano é o único que aparece com chances remotas de levar a briga até a última etapa, em Abu Dhabi, quando a pontuação será dobrada. Atualmente, ele está a 72 pontos do líder, Nico Rosberg, com seis corridas para o final e 175 pontos em jogo.

[publicidade] Seu companheiro, Sebastian Vettel, por sua vez, está 60 pontos atrás de Ricciardo.

“Acho que deixamos os pilotos disputarem”, afirmou o chefe da equipe, Christian Horner. “Nós confiamos neles para que disputem duro e roda a roda, de forma extremamente justa. A diferença de pontos entre Daniel e as duas Mercedes é enorme então não faz sentido para nós interferir com a disputa dos dois.”

Um exemplo disso foi o GP da Itália, no último final de semana, quando Ricciardo arriscou para passar Vettel e terminar na quinta colocação. “A questão é o que eles fazem na pista e foi desse jeito que eles disputaram [em Monza]”
Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias