Red Bull oferece opção diferente para proteção de cabeça

Após projetos da Mercedes, time austríaco pretende envolver cockpit com grande proteção de vidro e carbono; projeto será estudado

Com o assunto em discussão, a Red Bull decidiu fazer o seu desenho de como poderiam ser os cockpits cobertos para a Fórmula 1 em 2017.

Engenheiros de cinco equipes da categoria - incluindo especialistas em análise de tensão - estão reunidos com representantes da FIA nesta quinta-feira para falar sobre como integrar a proteção, e entende-se que a ideia da Red Bull também possa entrar nas discussões se houver tempo.

A ideia apresenta uma combinação de um material de vidro e carbono, assim como a ideia recente desenvolvida pela Mercedes.

O problema para a FIA é que o projeto atual já passou por uma série de testes e talvez não haja tempo para conclui-lo para implementação em 2017.

"Obviamente a proteção na cabeça é crucial", disse o chefe da Red Bull Christian Horner quando perguntado pelo Motorsport.com.

"A Red Bull está fazendo uma outra apresentação com uma cobertura que acreditamos que será uma opção mais segura. É mais uma cobertura do que um círculo lateral."

"Mas precisa ser testado, o que espero que possa ser feito rapidamente.”

"Fizemos um estudo de design no que foi feito pela FIA e sentimos que há uma solução viável."

Perguntado se a proteção poderia ser fabricada para 2017, Horner acrescentou: "Por que não?"

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Equipes Red Bull Racing
Tipo de artigo Últimas notícias