Red Bull quer escolher motor antes de contrato de Ricciardo

compartilhar
comentários
Red Bull quer escolher motor antes de contrato de Ricciardo
Scott Mitchell
Por: Scott Mitchell
30 de mai de 2018 10:28

Equipe quer renovar com australiano, mas reconhece que, primeiro, terá de definir se ficará com motores Renault ou se usará os Honda em 2019

Second place Sebastian Vettel, Ferrari SF71H, Race winner Daniel Ricciardo, Red Bull Racing RB14, third place Lewis Hamilton, Mercedes AMG F1 W09, arrives in Parc Ferme
Race winner Daniel Ricciardo, Red Bull Racing in the Press Conference
The Red Bull team celebrate with Daniel Ricciardo, Red Bull Racing next to the swimming pool on the Energy Station. Adrian Newey, Chief Technical Officer, Red Bull Racing, and Christian Horner, Team Principal, Red Bull Racing
Max Verstappen, Red Bull Racing RB14, leads Carlos Sainz Jr., Renault Sport F1 Team R.S. 18
Charles Leclerc, Sauber C37, leads Max Verstappen, Red Bull Racing RB14
Daniel Ricciardo, Red Bull Racing RB14, leads Sebastian Vettel, Ferrari SF71H
Daniel Ricciardo, Red Bull Racing RB14

A decisão da Red Bull sobre qual motor irá usar em 2019 terá prioridade em relação à tentativa de manter Daniel Ricciardo.

Ricciardo ainda pondera se irá permanecer na Red Bull, que tem lhe dado apoio durante toda sua carreira na F1, ao mesmo tempo que a equipe ainda decide se irá encerrar a parceria com a Renault para assinar com a Honda.

O australiano chegou à sua sétima vitória na F1 no último fim de semana, em Mônaco, enquanto que seu companheiro de equipe, Max Verstappen (que assinou um lucrativo novo acordo com a Red Bull no ano passado) largou em último depois de bater nos treinos livres. 

“Você pode dizer que isso deixou Daniel mais caro, que fez seu valor subir, ou que colocou a equipe em uma posição mais forte em termos de potencial para ele. A realidade é encontrar uma solução para concluir um acordo com Daniel nos próximos meses”, disse o chefe da Red Bull, Christian Horner. 

“A primeira coisa é resolver o motor, e a partir daí ver com o piloto.”

Horner reconheceu que Ricciardo está “elevando seu jogo continuamente”, já que o australiano reforçou seu papel como um dos pilotos de ponta da F1 ao dividir igualmente as vitórias nas seis primeiras provas de 2018 com Lewis Hamilton e Sebastian Vettel.

Contudo, a decisão crucial da Red Bull quanto aos motores pode definir suas possibilidades em curto prazo, e não se trata simplesmente de escolher entre permanecer como uma cliente ou se tornar uma equipe de fábrica.

Enquanto que a Renault frustrou a Red Bull com sua incapacidade de alcançar Mercedes e Ferrari durante a fase V6 turbo híbrida, a Honda teve três anos difíceis com a McLaren depois de retornar à F1, em 2015. 

A Honda atualmente está em um ano de reconstrução com a Toro Rosso e está determinada a introduzir a primeira novidade em termos de performance da temporada no Canadá, sendo que a Renault também estreará por lá uma segunda especificação de motor. 

A Renault deixou claro que está infeliz pelo fato de a Red Bull ter adiado a decisão, mas Horner reiterou que era importante comparar o progresso das duas fabricantes. 

Ele acredita que a decisão final “deveria ser bastante óbvia”.

“Tudo depende dos dados”, disse Horner. “Estamos a um mês ou algo do tipo. Fim de junho, começo de julho é o cronograma que sempre falamos.”

“Estamos esperando com muito interesse para ver a performance relativa dos motores em Montreal, em duas semanas.”

Reportagem adicional de Edd Straw

Next article
Rosberg: "Leclerc tem potencial para ser campeão mundial"

Previous article

Rosberg: "Leclerc tem potencial para ser campeão mundial"

Next article

Sirotkin: Williams deixou pior momento de 2018 para trás

Sirotkin: Williams deixou pior momento de 2018 para trás
Load comments

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Pilotos Daniel Ricciardo Shop Now
Equipes Red Bull Racing Shop Now
Autor Scott Mitchell