Red Bull quer proibição de "modo festa" em quali da F1

Equipe quer que pilotos da F1 se classifiquem e corram com as mesmas configurações de motor

O salto significativo de Lewis Hamilton no desempenho durante o Q3 em Melbourne colocou um foco nítido no uso de modos especiais de motor da Mercedes.

Embora a equipe de Brackley e o próprio Hamilton continuassem a minimizar qualquer conversa sobre os modos de festa, a Red Bull continua inflexível que as circunstâncias na Austrália forçaram a Mercedes a usar seu motor em seu potencial máximo.

"Eles ficaram nervosos porque [Valtteri] Bottas bateu e, de repente, eles colocaram força total", disse Helmut Marko, consultor da Red Bull, ao Motorsport.com.

"Eles normalmente não precisam disso, então usaram tudo isso, e é óbvio que eles estão jogando com todos nós.”

“No começo diziam 'a Red Bull está sempre reclamando'. Felizmente, depois da classificação, os outros acordaram e agora há muitas discussões.”

"Existem tantas coisas relativamente fáceis para resolver e torná-lo mais igual. Você poderia dizer que você deveria correr com o modo que você faz na classificação. Isso seria uma solução.”

"Eles poderiam fazer isso para a próxima corrida, e então isso não acontecerá na próxima corrida."

O chefe da equipe da Red Bull, Christian Horner, concordou que consertar os modos após a classificação seria uma boa solução.

"Você poderia dizer que você executa os mesmos modos de motor para o fim de semana", disse ele ao Motorsport.com

“Reconhecidamente, Max [Verstappen] cometeu um pequeno erro, deveríamos ter ficado dentro de meio segundo, provavelmente a diferença entre os modos.”

"É algo que deve ser considerado, que você efetivamente tem um parc ferme, no momento em que você guia na classificação, este é o seu modo de motor para a corrida. Cabe à FIA, cabe a eles descobrirem o que eles querem fazer.”

FIA não tem planos em intervir

O foco renovado nos modos de classificação vem na esteira de uma diretriz técnica emitida pela FIA no início deste ano, que insistia que as equipes clientes tivessem acesso aos mesmos modos que as equipes oficiais.

O movimento foi incentivado pelo lobby informal destas equipes, mas a FIA diz que não vai intervir a menos que receba uma reclamação de um cliente.

"Algumas equipes estavam insinuando que poderiam não estar conseguindo unidades de potência iguais", disse Charlie Whiting, diretor da FIA, quando questionado pelo Motorsport.com.

“Seja qual for o modo de festa, não o vi escrito em nenhum documento técnico.”

“Coloque assim. Se os clientes da Mercedes vierem até nós e disserem: ‘Pedimos o modo de festa e não estamos recebendo’, talvez tenhamos algo a dizer sobre isso."

Perguntado se a imposição de restrições de classificação para a corrida funcionaria, ele acrescentou: "Há todos os tipos de modos nesses motores, e sabemos muito bem que eles mudam em vários momentos durante a corrida."

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Equipes Red Bull Racing , Mercedes , Renault F1 Team
Tipo de artigo Últimas notícias