Red Bull sugere parceria técnica com Aston Martin na F1

Envolvida em rumores com Honda e Porsche, Christian Horner dá a entender que sua equipe tem carta na manga

O chefe da Red Bull, Christian Horner, indicou que sua equipe poderá em breve concluir uma parceria técnica com a Aston Martin para fornecimento de motores na F1.

A Red Bull se viu envolvida em rumores que indicam mudanças para os próximos anos. A Renault, sua atual fornecedora, já teria avisado que não quer continuar com a parceria após 2018, o que deixaria apenas a Honda como alternativa. 

Além disso, a equipe também foi ligada a uma possível aquisição por parte da Porsche em 2021, ano em que um novo regulamento técnico de motores deverá entrar em vigor.

Contudo, Horner, mesmo sem citar nomes, deu a entender que a Red Bull pode ter uma carta na manga. Questionado sobre a situação de motores de seu time, ele respondeu: “Deverá haver um outro anúncio em breve e não será com a Porsche, nem com a Honda. Já temos relacionamento com outra montadora, e você não precisa ser um cientista para descobrir qual é”, disse o dirigente, em entrevista ao canal inglês Sky Sports.

A Red Bull possui parceria com a Aston Martin desde o início de 2016, embora isso não envolva a F1. Adrian Newey, projetista do time na F1, também foi o responsável por desenhar o Aston Martin Valkyrie, um supercarro de rua para a fabricante. 

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Equipes Red Bull Racing
Tipo de artigo Últimas notícias