Red Bull sugere simplificação das regras da F1 para o futuro

O chefe da Red Bull, Christian Horner, acredita que a F1 deveria ter uma abordagem mais simples na formulação de suas regras para o futuro, a começar por uma mudança nos atuais motores da categoria.

O dirigente da equipe argumenta que, a fim de aumentar o peso dos pilotos nos resultados das corridas, todo o regulamento técnico deveria ter uma abordagem distinta em relação ao que se passa atualmente.

“A coisa que mais trouxe danos nos últimos cinco anos foi a introdução do atual regulamento de motores”, explicou Horner, segundo o site Crash.net

“Acho que, se você olhar para a F1 como um todo, as regras de chassi e motores são complicadas demais. Isso gera custos, complexidade, distância entre as equipes, então, por mim, eu iria pelo caminho da simplificação.”

“Simplificação na unidade de potência, no chassi, voltando ao básico para deixar o piloto a maior variável, sendo que, no momento, o piloto não é uma variável grande o suficiente.”

Horner considera que a F1, mesmo que tenha sua própria essência, poderia aprender com a prática utilizada por outras categorias. “Queremos ver os melhores pilotos competindo um com o outro. Acho que sempre teremos variações de acordo com as habilidades das equipes, e, mesmo se as equipes tiverem orçamentos iguais, ainda assim haverá aquelas que renderão melhor que as outras. Isso é competição. Vemos isso em outras categorias”, completou. 

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias