Red Bull troca marca italiana por alternador da McLaren

Depois dos problemas enfrentados por Sebastian Vettel em 2012, time resolveu encostar peças da Magnetti Marelli

Depois de sofrer problemas durante a temporada 2012, que ocasionaram os dois únicos abandonos de Sebastian Vettel no ano, a Red Bull decidiu trocar os alternadores da italiana Magnetti Marelli pelo desenvolvido pela McLaren Electronic System.

Assim, o time tricampeão de construtores é o único dos quatro clientes da Renault no grid – junto de Lotus, Williams e Caterham – a usar alternadores McLaren.

De acordo com a Renault, cabe aos franceses determinar as opções de fornecedores de alternadores e a escolha varia de acordo com as demandas elétricas nos diferentes carros.

“O alternador gera energia elétrica para manter a carga da bateria. Por questões de chassi, a energia necessária pode variar dependendo do carro. Paralelamente a isso, depois dos problemas que tivemos em 2012, consultamos todos nossos times e aumentamos a capacidade de energia elétrica em nossos alternadores. Para lidar com riscos técnicos e logísticos, trabalhamos com dois fornecedores para os componentes eletromagnéticos”, explicou Rob White, diretor técnico da Renault Sport.

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias