“Regulamento de 2017 será emocionante”, garante chefe da Mercedes

Toto Wolff diz que times já chegaram a unanimidade sobre pneus maiores: “isso vai acontecer, com certeza”

A Fórmula 1 espera alterar radicalmente seu regulamento técnico para o ano de 2017. Com a finalidade de melhorar a competitividade, a categoria fala em contar com motores de 1000 cv e pneus mais largos para deixar os carros mais eficientes. Segundo o chefe da Mercedes, isso deixará a categoria muito mais atrativa para os fãs.

"Nos últimos anos, a F1 reduziu o downforce e reduziu a velocidade dos carros. Agora é a hora de dar um passo para trás e avaliar as coisas. É isso que estamos fazendo para 2017, com um regulamento novo que promete ser muito emocionante", disse Wolff ao site da Fórmula 1.

"Os carros serão muito mais rápidos do que são atualmente. Estamos colocando os pilotos de volta ao centro das atenções – dando a eles de volta a responsabilidade por aquilo que fazem no carro, e menos uma percepção de ser controlado remotamente pelos boxes."

Mesmo sem confirmação das propostas e 2017, Wolff está confiante de que as equipes irão entrar em acordo.

"Temos até fevereiro de 2016 para votar as alterações, e acho que chegamos à unanimidade entre as equipes para implementar essas mudanças radicais de pneus mais largos, com mais aderência e carros maiores. Isso vai acontecer, com certeza."

As mudanças nas regras foram discutidas na reunião da semana passada do Grupo de Estratégia da F1, que também concordou em implementar um aumento das restrições de ajudas dos boxes para os pilotos a partir do GP da Bélgica, em agosto. A ênfase especial será nas largadas das corridas.

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias