Renault diz ainda ter dúvidas sobre retorno de Kubica à F1

Chefe do time, Cyril Abiteboul destaca vontade do polonês, mas considera que ainda há trabalho a ser feito antes de qualquer definição

A Renault afirmou que ainda não está totalmente segura sobre as condições de Robert Kubica retornar em definitivo à F1 na próxima temporada.

O polonês, de 32 anos, está afastado da categoria desde 2011, quando sofreu um grave acidente de rali. Pouco a pouco ele vem flertando com o retorno, tendo já realizado dois testes com um carro de 2012 e outro com o atual modelo da Renault.

Na Hungria, Kubica completou 142 voltas, inclusive registrando um tempo próximo ao obtido pelo titular Jolyon Palmer poucos dias antes. Na ocasião, o polonês se mostrou satisfeito e a Renault elogiou seu trabalho.

Contudo, Abiteboul afirmou que ainda é cedo para dizer se Kubica está em posição de voltar de vez. “Temos alguns indicativos e algumas confirmações. Ele é um profissional fantástico, que é extremamente talentoso e que tem uma enorme fome por correr e voltar a atuar profissionalmente, seja na F1 ou em outro lugar”, disse o dirigente, segundo o site da emissora inglesa BBC.

“Mas, se ele pode correr na F1, ainda há mais trabalho a ser feito.”

Abiteboul também afirmou que pretende dar mais quilometragem a Kubica, embora reconheça que se trata de um plano difícil. “Nós gostaríamos. Tentaremos, mas há limitações. Será difícil levando em conta o tempo de trabalho que temos”, explicou.

A Renault tem apenas Nico Hulkenberg garantido para o ano que vem. A outra vaga, atualmente com Palmer, está em aberto. 

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Pilotos Robert Kubica
Equipes Renault F1 Team
Tipo de artigo Últimas notícias