Renault assume culpa por falhas com Vettel e Grosjean

Fornecedora de motores revela que quebras na Red Bull e na Lotus em Valência ocorreram por motivos diferentes

Vettel liderava quando abandonou

A Renault reconheceu a culpa pelos abandonos de Sebastian Vettel e Romain Grosjean durante o GP da Europa. Por boa parte da prova, a dupla ocupou as duas primeiras posições e, embora tenham sofrido problemas diferentes, ficaram pelo caminho por falhas nos motores franceses.

“O motor de Sebastian se superaqueceu e desligou, enquanto o alternador de Romain falhou e a energia elétrica do motor parou”, informou a empresa em comunicado. “Precisamos nos desculpar tanto à Red Bull, quanto à Lotus sobre os problemas nos carros de Sebastian e Romain.”

“Investigaremos as razões para que ambas as falhas tenham acontecido quando as unidades voltarem para a fábrica de Viry e tentaremos nos assegurar de que a Red Bull e a Lotus, além de nossos outros parceiros, não tenham os mesmos problemas no futuro.”

A Renault afirmou ainda que está investigando os motivos da falha do Kers de Heikki Kovalainen, da Caterham, durante a corrida. “Há muito trabalho a fazer até Silverstone, mas temos uma equipe e recursos suficientes na fábrica.”

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP da Europa
Pilotos Sebastian Vettel , Romain Grosjean
Tipo de artigo Últimas notícias