Renault: Bolhas na Áustria mudaram estratégia em Silverstone

compartilhar
comentários
Renault: Bolhas na Áustria mudaram estratégia em Silverstone
Adam Cooper
Por: Adam Cooper
9 de jul de 2018 21:38

Equipe diz que os problemas de pneus experimentados no Red Bull Ring levaram a uma estratégia incomum e que fez Nico Hulkenberg chegar ao sexto lugar na Grã-Bretanha

Nico Hulkenberg, Renault Sport F1 Team R.S. 18, leads Esteban Ocon, Force India VJM11
Carlos Sainz Jr., Renault Sport F1 Team R.S. 18
Nico Hulkenberg, Renault Sport F1 Team R.S. 18
Nico Hulkenberg, Renault Sport F1 Team R.S. 18
Nico Hulkenberg, Renault Sport F1 Team R.S. 18, leads Esteban Ocon, Force India VJM11
Carlos Sainz Jr., Renault Sport F1 Team R.S. 18
Carlos Sainz Jr., Renault Sport F1 Team R.S. 18
Carlos Sainz Jr., Renault Sport F1 Team R.S. 18

A Renault executou uma estratégia diferente, com Nico Hulkenberg e seu companheiro de equipe, Carlos Sainz, sendo os únicos a começarem com pneus médios antes de passar para o duro - que nenhum outro piloto usou durante a corrida.

Hulkenberg foi até o final, embora Sainz colocasse os macios com o safety car antes de abandonar, depois de uma colisão com Romain Grosjean.

A estratégia de sucesso foi resultado direto da frustração que Sainz sofreu na Áustria, onde a Renault, que tem tido dificuldades com pneus durante todo o ano, sofreu mais problemas que outros carros.

"Foi uma estratégia que nos foi imposta por causa das características do atual carro", disse o chefe da Renault, Cyril Abiteboul, ao Motorsport.com.

"Ainda estamos vindo do choque da Áustria, em que nossa estratégia foi destruída depois das bolhas que acompanharam o carro de Carlos, que de outra forma teria feito uma grande corrida.”

"Então, vindo dessa situação, e estudando por alguns dias, tomamos a decisão de usar compostos médios e duros.”

"Fomos os únicos a usar o composto duro que testamos na tarde de sexta-feira, e pudemos ver que tínhamos um ritmo decente em comparação a outras equipes, então decidimos usá-lo."

O editor recomenda:

A Renault está trabalhando duro para resolver seus problemas com pneus, embora Abiteboul tenha reconhecido que levará tempo para uma solução adequada.

"Sabemos que temos um carro que está desgastando pneus muito mais do que qualquer outro time, isso é um fato, sabemos disso.”

"Nossos pilotos sabem disso também, então não há por que se esconder, temos que nos concentrar nisso trabalhando no downforce, e todo o percurso e conformidade do carro, particularmente em uma pista como essa, que é muito acidentada, com muitas curvas de alta, então o carro está pulando, e os pneus estão tomando muita energia e degradando.”

"Então, sabemos o problema, sabemos que obviamente temos algumas soluções, mas isso nos levará um pouco de tempo."

Abiteboul admitiu que não esperava que a Renault superasse seus principais rivais em Silverstone na batalha pelo quarto lugar.

"É uma pista em que, dadas as características do carro, o déficit de potência no desempenho e alguns outros fatores, sabíamos que estávamos em desvantagem. Mas acho que conseguimos reverter isso, o que é ótimo.”

"Estamos ansiosos para os próximos dois eventos, que devem ser mais favoráveis a nós, dadas as características dos carros e das pistas. Espero que possamos novamente superar nossos concorrentes diretos."

Next article
Rosberg: Kimi estava apenas "confuso" no embate com Hamilton

Previous article

Rosberg: Kimi estava apenas "confuso" no embate com Hamilton

Next article

Fabricantes da F1 tentam reviravolta para ter MGU-H em 2021

Fabricantes da F1 tentam reviravolta para ter MGU-H em 2021
Load comments

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Evento GP da Grã-Bretanha
Localização Silverstone
Equipes Renault F1 Team
Autor Adam Cooper