Renault confirma conversas com McLaren

Fabricante francesa admite que fala com escuderia britânica sobre fornecimento de motores a partir de 2018

A McLaren analisa se deve se comprometer com a Honda por mais um ano ou mudar para outro fornecedor, com a Renault se tornando a única opção realista.

Já ficou claro por algum tempo que a fabricante está relutante em expandir para uma quarta equipe em 2018, estando atualmente comprometida com a Red Bull, Toro Rosso e o seu próprio time.

Embora haja uma chance remota da Toro Rosso mudar para a Honda, caso as negociações acelerarem, parece cada vez menos provável que isso aconteça.

Falando da Bélgica, o diretor-geral da Renault F1, Cyril Abiteboul, admitiu que houve conversas, mas sugeriu que um acordo não era provável.

"A situação é que temos um contrato de vários anos com a Red Bull Racing e a Toro Rosso", disse Abiteboul.

"Então, francamente, estamos abertos a conversas. Posso confirmar que houve com a McLaren, mas agora há uma restrição no regulamento, se quisermos fornecer para mais de três equipes."

"Além disso, não acho que seja razoável acreditar que possamos fornecer para mais de três times sem que o nível de serviço caia."

"Valorizamos o relacionamento com a Red Bull. É de longa data e gostaríamos de levar essa relação até 2020."

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Equipes McLaren
Tipo de artigo Últimas notícias