Renault confirma Romain Grosjean ao lado de Kimi Raikkonen

Francês volta à F-1 como titular após dois anos e tira vaga que poderia ser de Bruno Senna para o ano que vem

Grosjean de volta à F-1 como titular

O francês Romain Grosjean está confirmado para dividir a Renault com Kimi Raikkonen em 2012. O atual campeão da GP2, a exemplo de seu novo companheiro, volta à categoria depois de dois anos afastado.

Grosjean fez sete GPs na F-1, substituindo Nelsinho Piquet em 2009 na mesma Renault, tendo um 13º lugar no Brasil como melhor resultado. Após a dispensa da equipe, correu de esportivos e na Auto GP até voltar à GP2, sob a batuta do programa de pilotos Gravity, comandado pelo chefe da Renault, Eric Boullier. Com o título da categoria, participou das sessões de treinos livres dos dois últimos GPs.

“Estou animador por ser um dos pilotos da equipe para 2012. Estou com o grande sorriso no rosto com a chance de pegar o volante do carro do ano que vem e me sinto muito privilegiado pela oportunidade que me foi dada.”

A notícia significa que a equipe, que passará a se chamar Lotus a partir do ano que vem, trocará seus dois pilotos que terminaram a temporada a bordo do carro preto e dourado, Vitaly Petrov e Bruno Senna. A contratação também garante a manutenção do patrocínio da petrolífera francesa Total.

Grosjean, que correu junto de Fernando Alonso em sua primeira passagem pela F-1, agora terá outro campeão do mundo pela frente.

“Correr junto de um ex-campeão do mundo e alguém que está faminto e retornando à F-1 será uma grande experiência, e tenho certeza de que ajudará a melhorar meu nível de performance também.”

Para o francês de origem suíça, o retorno à GP2 foi fundamental para que tivesse uma segunda chance.

“Sinto que minha temporada de sucesso na GP2 me ajudou a amadurecer; sou um piloto mais mais completo do que da última vez que competi na categoria. Voltar para Enstone como piloto é como voltar para casa. Não vou desapontar e gostaria de agradecer a Total, que me apóia desde 2006, e a Gravity.”

Eric Boullier destacou a performance de Grosjean nas duas últimas sessões de treinos livres da qual participou.

“Ficamos impressionados quando ele pilotou para nós em Abu Dhabi e Brasil. Estamos confiantes de que escolhê-lo para uma de nossas vagas irá nos ajudar em nosso processo de reconstrução. Gostaria de agradecer Petrov e Senna pela contribuição para a performance da equipe neste ano e desejar-lhes o melhor para o futuro.”

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias